Luizinho Lopes não resiste a maus resultados e deixa o Confiança

0
Luizinho Lopes não resiste a maus resultados e deixa Confiança (Foto: Confiança)

Fim da linha para Luizinho Lopes no comando do Confiança. O técnico não resistiu à sequência de maus resultados à frente do time azulino e teve sua demissão anunciada na manhã desta terça-feira, 24.

Na Série C, o início da campanha foi brilhante, mas a queda de rendimento e os revezes minaram o cargo do treinador do Sabino Ribeiro. A última vitória foi no dia 20 de maio, contra o Remo, em Belém, por 3 a 0.

O Dragão do Bairro Industrial vem em uma péssima maratona de resultados negativos na competição: cinco empates e quatro derrotas. O fim do vínculo do treinador com o clube foi decidido em reunião ontem com a diretoria.

“Não temos o que falar de Luizinho Lopes. um treinador e uma pessoa excelente que contribuiu muito com sua vinda para o Confiança. Profissional de alto gabarito e muita qualidade. Infelizmente nos últimos jogos, os resultados não vieram. Com certeza, em um futuro, Luizinho Lopes será bem-vindo novamente”, disse o presidente Hyago França.

Ao fim da 15ª rodada, o Confiança saiu pela primeira vez do G-4, zona de classificação para o mata-mata. Agora, o proletário ocupa a 6ª colocação, com 19 pontos, e flerta com o rebaixamento. São apenas três pontos para o primeiro na zona de descenso e também três de diferença para o último clube do grupo dos quatro primeiros.

O elenco se reapresenta hoje no Bairro Industrial, na expectativa de retomar uma vaga na zona de classificação. A próxima partida é contra o Santa Cruz, no próximo sábado, 28, às 15h30, no Arruda.

O nome do próximo comandante será anunciado em breve.

Bom início

Se no Campeonato Sergipano, apesar de invicto, o Confiança ficou fora da final, o início na Série C prometia. A equipe engatou uma sequência boa de vitórias, conquistou pontos importantes principalmente fora de casa e o desempenho em campo encantava a torcida. Foram 14 rodadas no G-4, sendo quatro como líder e sete como vice-líder. Ao todo, foram 29 jogos com 10 vitórias, 13 empates e seis derrotas.

Por Victor Siqueira
Com informações do Confiança

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais