Série D: Sergipe cede empate em 2 a 2 ao Fluminense-BA

0
Kiko abre o placar: Sergipe 1 a 0 (fotos: Igor Matheus/ Portal Infonet)

O Sergipe não conseguiu mais do que um empate em sua primeira partida dentro de casa pelo Campeonato Brasileiro da Série D. Neste sábado, 11, pela segunda rodada da competição, o alvirrubro ficou na frente do placar por duas vezes no Batistão, mas cedeu empate em 2 a 2 ao Fluminense de Feira-BA.

Com o resultado, o Sergipe segue líder de sua chave com 4 pontos. Na próxima rodada, o time alvirrubro visitará o Salgueiro-PE. O jogo será no sábado, 18.

Rafael Granja empata: 1 a 1

O jogo
O primeiro lance de perigo foi alvirrubro e correspondeu a um esboço do que seria o primeiro gol do jogo. Aos 5, após cruzamento de Gabriel, Acácio se esticou todo no segundo pau, mas não alcançou a bola. Aos 9, foi a vez de Jorge arriscar de longe, mas o goleiro pegou a bola no meio do gol. Aos poucos, o Sergipe foi explorando cada vez mais o lado esquerdo do adversário, e em uma das investidas por aquele setor, o anfitrião abriu o placar. Aos 17, Gabriel fez cruzamento da esquerda e Kiko, sozinho no segundo pau, cabeceou de peixinho para as redes: Sergipe 1 a 0.

O problema é que a comemoração não durou dois minutos. Em contra-ataque, Vicente chutou para o gol, Jonathas bateu roupa e Rafael Granja aproveitou a sobra para tocar rasteiro e empatar: 1 a 1. Aos 36, o Fluminense quase decretou a virada em contra-ataque de Rodolfo, mas Jonathas cresceu pra cima do volante e conseguiu milagrosamente bloquear a conclusão.

Kiko põe o Sergipe na frente mais uma vez: 2 a 1

Na segunda etapa, foi o Sergipe quem mostrou as garras primeiro. No primeiro lance, Gabriel disparou pela esquerda e chutou de fora da área direto para as redes… do lado de fora. Mas 14 minutos depois, o ímpeto do ataque alvirrubro seria recompensado. Após cruzamento de Jorge da direita, o goleiro deu rebote e Kiko, na pequena área, mandou no meio do gol: Sergipe 2 a 1. Mas a celebração colorada injetou ânimo… no Fluminense. Assim como fez ao tomar o primeiro gol do jogo, o time baiano se aproveitou da desarrumação defensiva do time alvirrubro e empatou. Após contra-ataque, Levi serviu Reinaldo, que bateu no canto direito para igualar tudo: 2 a 2.

Aos 25, o que já não estava tão bom para o Sergipe deu indícios de piora: o zagueiro alvirrubro Claudio Baiano tocou com a mão na bola em cima da linha, e o juiz além de dar pênalti para o Fluminense, expulsou o jogador. Mas na cobrança, Peixoto bateu no canto em que Jonatas pulou – e o goleiro catou a bola sem rebote. Nos últimos minutos, o Fluminense ainda tentou a virada por duas vezes: aos 48 com Luan, que tocou por cima do travessão; e aos 51 com Levi, que mesmo cara a cara com o goleiro, parou em Jonatas. Mas nada mais alterou o placar até o apito final.

Reinaldo deixa tudo igual: 2 a 2

FICHA TÉCNICA
Sergipe 2 x 2 Fluminense-BA
Gols: Kiko [17’ 1t], Rafael Granja [19’ 1t], Kiko [15’ 1t], Reinaldo [17’ 2t]

SERGIPE
Jonatas, Jorge, Marcelo Souza, Claudio Baiano, Jair, Acássio [Weverton], Gabriel, Ramalho, Etinho [Maxwell], Kiko, Polinho [Ximba]

FLUMINENSE-BA
Léo, Edson, Val, Alisson, Rodolfo, Vicente, Rafael Granja [Levi], Leandro Sobral, Peixoto [Luan], Guga, Reinaldo [Bacabau]

Cartão amarelo: Rodolfo
Cartão vermelho: Claudio Baiano

Público total: 2.590
Renda: R$ 47.790

Por Igor Matheus

Comentários