Covid-19: Canindé decreta toque de recolher e multa de R$560

0
Em caso de descumprimento das medidas estipuladas pelo decreto, a administração municipal fixou uma multa de R$561,30 (Foto: Google Street View)

O prefeito do município de Canindé de São Francisco, Ednaldo Vieira, conhecido como ‘Ednaldo da Farmácia’, decretou nesta quinta-feira, 14, toque de recolher na cidade. Segundo o decreto Nº57, publicado no Diário Oficial do município, fica determinado o toque de recolher entre às 21h e às 05h do dia seguinte. Em caso de descumprimento das medidas estipuladas pelo decreto, a administração municipal fixou uma multa de R$561,30.

Ednaldo da Farmácia, prefeito da cidade (Foto: Arquivo Portal Infonet)

O decreto diz ainda que ficam excluídos desta medida órgãos de segurança, vigias noturnos, serviços de delivery, farmácias e drogarias de plantão, além dos profissionais da área de saúde e funcionários de empresas privadas que estejam trabalhando no período noturno, desde que comprovada a necessidade.

Em relação à multa para quem descumprir as normas do decreto, a administração municipal informa que a primeira abordagem de fiscalização terá caráter educativo, com advertência verbal. Mas em caso de reincidência a multa de R$561,30 será aplicada.

Feiras Livres

O texto do decreto diz ainda que durante a realização das feiras livres, que normalmente acontecem às sextas-feiras na cidade, fica permitido a circulação de pessoas até o horário previsto para o encerramento, por volta das 21h, como tolerância máxima de 30 min, podendo portanto se estender até às 21h30, para que depois desse horário as pessoas possam se recolher em suas residências.

Comércio Fechado

Por fim, o decreto reitera que todas as atividades comerciais que abrangem serviços não essenciais permanecem temporariamente em necessário fechamento.

por João Paulo Schneider 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais