Dia do Diácono é lembrado na Câmara Municipal de Aracaju

0

Diáconos no plenário da Câmara (Foto: Alberto Dutra)
A Sessão Especial, desta segunda-feira, 9, foi dedicada a celebrar o Dia do Diácono, comemorado [10 de agosto]. De autoria do vereador Magal da Pastoral (PT), a homenagem reuniu diáconos das Igrejas Católicas e Evangélicas. “É uma alegria e uma honra recebê-los aqui na Câmara Municipal de Aracaju (CMA)”, disse o parlamentar petista ao saudar a presença de todos na abertura da sessão.

O presidente da Regional Nordeste III da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Gilberto Santana, iniciou o discurso esclarecendo que a diaconia é formada na maioria das Igrejas por homens, sendo definida pelo exercício voluntário voltado para ajudar a população mais carente. O convidado contou que antigamente o diácono era responsável apenas por prestar assistência às mulheres desamparadas. “Nós nos sentimos honrados pela homenagem feita pela por esta Casa Legislativa e agradecemos a iniciativa do vereador Magal em lembrar a data”, disse o representante dos diáconos.

Acrescentando a explicação sobre a atividade exercida pelo profissional da diaconia, José Passos Gomes Fontes, que também é diácono, deu exemplos de como os homenageados trabalham. “Temos a missão de auxiliar a celebração de casamentos, batizados e dar a benção em locais, ou objetos e pessoas. É importante lembrar que hoje a sociedade vive marcada pela violência e pela exclusão, e o nosso objetivo é superar estes desafios, levando a palavra de Deus. Nós estamos aqui para somar a espiritualidade diaconal”, reforçou.

Já o diácono transitório Edson Figueiredo, que está aguardando a ordenação de diácono permanente, afirmou estar muito feliz com a lembrança do Dia do Diácono. “Serei ordenado daqui a oito meses e fico muito feliz em celebrar o nosso dia antecipadamente aqui nesta Casa. Em nome de todos os colegas diáconos agradeço esta homenagem que é uma grande honra para toda arquidiocese”, solenizou Edson.

Durante a sessão, o diácono Antonio Costa também foi homenageado e falou sobre a importância do Serviço de Assistência e movimento de Educação (Same), local que atualmente preside. “Essa é uma instituição que tem acompanhado a sociedade de Aracaju, inicialmente somente as pessoas em situação de rua ao longo dos anos atendendo também os idosos”.

Fonte: Ascom Cmaju

Comentários