Finanças públicas: Sindat quer ouvir propostas dos candidatos a governador

0

Os  auditores de tributos II, ligados ao Sindicato dos Auditores Tributários do Estado de Sergipe (Sindat) querem conhecer as propostas dos candidatos a governador para a área das finanças públicas.   A direção da entidade encaminhou ofício aos postulantes ao governo sugerindo uma exposição sobre o tema, focando inclusive projetos para incrementar a receita pública estadual.

“O crescimento do Estado é a principal preocupação dos que fazem o Sindat”, justificou o auditor técnico de Tributos II, Marco Aurélio Monteiro, ressaltando que “o objetivo é colaborar ainda mais com o desenvolvimento sócio-econômico de Sergipe, apresentando sugestões e discutindo as linhas mestras de um projeto para incrementar a arrecadação, combatendo a sonegação e promovendo a justiça fiscal”.

No entendimento de Monteiro, muitas administrações tributárias somente fazem as intervenções básicas, permitindo que o dinheiro público dos impostos escorra “pelos dedos” de um pequeno grupo de grandes devedores do erário. O auditor destacou que esta “é uma área muito sofisticada, onde todos se submetem ao ônus tributário, mas somente alguns entendem da matéria”.

Marco Aurélio Monteiro acredita que o assunto é de relevante importância e que interessa, sobretudo, aos candidatos a governador que querem um Estado arrecadando mais e consequentemente investindo mais em educação, saúde, segurança pública e em várias outras áreas fundamentais para o desenvolvimento do Estado.  “É sem dúvida um tema que interessa aos candidatos que, neste item, terão um assessoramento do mais alto nível com custo zero”, ressaltou.

Comentários