Prefeita de Lagarto explica decisão política em usina de asfalto

0
Segundo a administração municipal, o que existe é um parecer técnico de caráter preliminar informando que a construção da usina no local requisitado vai de encontro ao Plano Diretor do município (Foto: Ascom/ Lagarto)

Em nota oficial divulgada na manhã desta terça-feira, 23, a prefeita do município de Lagarto, Hilda Ribeiro, desmentiu informações sobre uma ação de cunho político para barrar a construção de uma usina de asfalto do Grupo Maratá na cidade. Segundo a administração municipal, o que existe é um parecer técnico de caráter preliminar informando que a construção da usina no local requisitado vai de encontro ao Plano Diretor do município.

Segundo a nota, a Prefeitura garante que não existe nenhum documento oficial assinado pela chefe do Executivo Municipal de Lagarto proibindo a construção da referida unidade do Grupo Maratá. “Lamentavelmente, este parecer técnico foi vazado para a imprensa e publicado como se fosse uma decisão definitiva da prefeita, o que é mentira”, salienta.

Ainda segundo a administração municipal, a prefeita tem total interesse que a usina seja instalada na cidade e gere emprego, renda e incremento da economia local. “A Prefeitura de Lagarto e a prefeita Hilda Ribeiro lembram ainda que a relação mantida com a gestão, com a gestora e com Grupo Maratá sempre foi respeitosa e harmoniosa”, destaca.

Por fim, a secretaria de Comunicação salienta que a prefeita Hilda tem buscado sempre apoiar o crescimento do Grupo Maratá na cidade em diversas áreas de atuação, com ética e sempre dentro do que determina as leis. “E este lamentável episódio jamais irá abalar esta relação”, finaliza a nota.

Grupo Maratá

O Portal Infonet encontrou em contato com o Grupo Maratá, que por sua vez, informou que iria se manifestar posteriormente. Mas o até o fechamento desta matéria não obtivemos retorno. Estamos à disposição através do número (79) 21068000 ou e-mail: jornalismo@infonet.com.br.

por João Paulo Schneider 

Comentários