Vereadores aprovam projeto que proíbe canudos de plásticos em Aracaju

0
Segundo Vinícius Porto (DEM) o projeto será benéfico para o meio ambiente e a sociedade (Foto: Portal Infonet)

Os vereadores de Aracaju aprovaram o Projeto de Lei que proíbe o fornecimento de canudos confeccionados em material plástico, em estabelecimentos da capital como bares, restaurantes na sessão desta quarta-feira, 8. O projeto é de autoria dos vereadores Vinícius Porto (DEM), Zezinho do Bugio (PTB) e da ex-vereadora Kitty Lima.

Em substituição aos canudos de plástico poderão ser fornecidos canudos em papel reciclável, material comestível ou biodegradável, embalados individualmente em envelopes hermeticamente fechados feitos do mesmo material ou semelhante.

De acordo com o vereador Vinícius Porto (DEM), esse projeto vai trazer um ganho não apenas aos cidadãos, mas ao meio ambiente. “Sabemos que hoje esses canudos utilizados pelos cidadãos faz com que altere o equilíbrio do meio ambiente. Atualmente uma grande de pessoas que vão aos bares e levam até o seu próprio os canudos e essa geração mais nova tá antenada ao meio ambiente. As empresas têm que enxergar isso como beneficio para a comunidade e modificar a forma como ele trata essa questão. Por exemplo, não existe só canudos plásticos, mas outros materiais que possam ser utilizados e servidos como canudo que não prejudique o meio ambiente e isso vai fazer com que a classe empresarial entenda que precisam vender sua mercadoria, mas precisam também se preocupar com o meio ambiente”, informa.

O vereador aguarda com otimismo que o projeto possa ser sancionado pelo prefeito de Aracaju. Caso seja aprovado, os estabelecimentos terão três meses para se adaptarem as novas regras. “Existe um tempo de três meses para que o empresário se organize e possa readequar a sua empresa e buscar alternativas para melhorar o meio ambiente”.

por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais