Com estoque reduzido, Hemose necessita de doações de sangue

0
Hemose coleta uma média de 50 bolsas ao dia. (Foto: Hemose)

O Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) convida a população sergipana para doar sangue e e assegurar o atendimento transfusional nos hospitais. O Hemocentro necessita reforçar os estoques de de todos os grupos sanguíneos O, A, B e Ab positivo e negativo

De acordo com dados do Hemocentro de Sergipe, desde o início da pandemia que a unidade está com uma redução nas doações de sangue, que foi ocorrendo de forma gradativa. De 120 doações ao dia passou para 90, depois para 70 e, atualmente, o serviço realiza uma media diária de 50 doações, número insuficiente para atender a demanda transfusional da rede hospitalar.

A unidade funciona diariamente de segunda a sexta, das 7h30 às 17h. Para incentivar a doação, o Hemocentro abrirá no sábado, 31 de outubro, no horário das 7h às 11h. A abertura é decorrente do feriado nacional do Dia de Finados, em 2 de novembro, quando não haverá expediente.

Estão aptos a doar sangue candidatos em bom estado de saúde, idade entre 16 e 69 anos, peso acima de 50 Kg. Menor de 18 anos precisa apresentar o termo de autorização dos pais ou responsável legal. Ao comparecer à unidade, é obrigatório apresentar documento de identidade original, com foto, válido em todo território nacional. Mais informações através dos telefones: (79) 3225-8039 e 3259-3174.

O Hemose reforça alguns cuidados para o dia da doação, como comparecer ao serviço bem alimentado, pois durante a doação é coletado uma bolsa com no máximo 450 ml de sangue. No dia anterior à doação, é importante que o candidato tenha dormido pelo menos 6 horas e não tenha ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores ao procedimento.

Com informações do Hemose

Comentários