Covid-19: pneumologista alerta pacientes a não se expor a fumaça

0
O pneumologista Marcell Coutinho conversou com a reportagem (Foto: Facebook Pessoal)

O mês de junho chegou e com ele o tradicional acendimento das fogueiras e fogos de artifício ficam evidentes para homenagear o santo do mês. Apesar da tradição, este ano o mundo se depara com a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) e os cuidados devem ser redobrados com pacientes diagnosticados com a doença ou os que possuem problemas respiratórios.

De acordo com o pneumologista Marcell Coutinho, a inalação da fumaça em decorrência da fogueira está mais relacionada a pessoas que possuem algum problema respiratório. “O problema dos fogos e da fumaça normalmente estão relacionados mais as pessoas com alguma doença crônica principalmente alérgica. Esses são os que de fato refletem mais as dificuldades na exposição da fumaça. Já os fogos é mais prejudicial para quem está manipulando”, conta.

Ainda segundo o pneumologista, não há como precisar o que a fumaça poderá causar no paciente com covid-19. “O que sabemos é que alguns pacientes com coronavírus desenvolvem pneumonia e isso ocorre porque a doença atinge o tecido pulmonar e os alvéolos, mas não se tem como precisar agora como será a reação da pessoa ao se expor a fumaça porque essa pandemia é um caso novo. Mesmo assim, é bom a pessoa não ter contato com a fumaça”, relata o médico.

Recomendação

A recomendação, segundo o pneumologista, para os pacientes com coronavírus ou para pessoas com algum problema alérgico, é não se expor a fumaça, se recolher a um ambiente da casa e não ter contato com fogos.

Caso a pessoa venha a ter algum problema por conta da fumaça (como apresentar tosse, chiado no peito ou falta de ar), o ideal é que a ela possa ser avaliada por um médico que irá orientá-la sobre o melhor tratamento.

por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais