Dívida de R$ 1,2 milhão do Estado ameaça Hospital Senhor dos Passos

0
Atrasos acontecem desde o ano passado, diz direção do hospital (Foto: Reprodução/ASN )

O Hospital Nosso Senhor dos Passos, na cidade histórica de São Cristóvão, há dois meses não recebe os repasses do Governo do Estado pelos serviços prestados ao Sistema Único de Saúde (SUS). A direção do hospital confirma que há duas faturas em atraso, que somam R$ 1,2 milhão em dívida. A situação tem preocupado os gestores e funcionários do hospital, sobretudo pelo cenário atual de pandemia da Covid-19. São Cristóvão já tem três casos confirmados da doença.

“Estamos num momento em que precisamos de todo aparato para lidar com essa pandemia, desde materiais a funcionários. Por isso é importante que esses repasses sejam regularizados”, explica a diretora-geral do hospital, Ellen Prado. O Nosso Senhor dos Passos realiza, em média, 100 atendimentos por dia – com cobertura no município de São Cristóvão e população dos povoados da região.

De acordo com Ellen, esses mesmos atrasos dos repasses do Governo foram responsáveis por uma paralisação dos funcionários do hospital, em dezembro do ano passado. Ela teme que isso volte a acontecer. “Nós sabemos que há insatisfação dos funcionários por causa dos atrasos e temos o receio de novas paralisações num momento como esse”, pontua.

O Hospital suspendeu os exames realizados através da Central de Regulação, por orientação dos órgãos de saúde, para que o foco fique no atendimento a pacientes com a Covid-19 ou sintomas característicos do vírus, mas reforça a necessidade da regularização dos repasses para manter os estoques de equipamentos de proteção e material hospitalar para os seus funcionários.

Por meio da assessoria de comunicação, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) afirmou que ainda nesta sexta-feira, 24, vai realizar o pagamento de R$ 538.280,72 equivalente a uma fatura em débito com o hospital.

Por Ícaro Novaes

Comentários