Hospital Amparo de Maria começa a ser leiloado nesta terça, 26

0
Assalto ocorreu no Hospital Amparo de Maria (Foto: arquivo Portal Infonet)

O Hospital Amparo de Maria, em Estância, começa a ser leiloado nesta terça-feira, 26. A decisão foi tomada pela Justiça Federal. A unidade é filantrópica.

A medida foi adotada em função dos débitos de cerca de R$ 50 milhões, incluindo créditos referentes a ações trabalhistas. No último dia 22, servidores ameaçaram entrar em greve devido a três meses de salários atrasados.

O lance inicial para o imóvel é de mais de R$ 4 milhões. A ação está há anos na esfera judicial. Parlamentares e gestores do hospital já tentaram suspender o leilão, mas não tiveram êxito.

Ao Portal Infonet, a assessoria de comunicação do hospital informou que o leilão é referente a 1/4 da área do imóvel. De acordo com nota enviada pelo hospital, a medida diz respeito a débitos oriundos dos períodos de 2003/2004, referente a FGTS parcelados. “Parcelamento este, que por dificuldades financeiras fora cancelado”, diz a nota.

Em agosto de 2018, houve nova contratualização e condições para a continuidade dos serviços prestados. A instituição, então, “requereu adesão a novo parcelamento do FGTS realizando, inclusive, o envio de documentação para o setor responsável por este parcelamento, o Setor de Recuperação de Créditos e Parcelamento de FGTS da Caixa Econômica Federal”. No dia 25 de fevereiro de 2019, o Hram afirma ter recebido a confirmação da Caixa sobre o pedido. Os documentos foram juntados ao processo.

por Jéssica França

*A matéria foi alterada às 10h45 do dia 27 de fevereiro para inclusão de nota enviada pela assessoria do hospital

 

Comentários