Região Agreste aparece com crescimento acelerado da Covid-19 em SE

0
Cidade de Itabaiana tem a 4ª pior incidência do estado (Foto: Facebook Prefeitura de Itabaiana)

A região Agreste do Estado já apresenta números alarmantes da Covid-19, conforme dados apresentados pelo recente boletim do Observatório de Sergipe. As cidades de Moita Bonita e Itabaiana, por exemplo, aparecem com a terceira e quarta maiores incidência de casos para cada 100 mil habitantes. Acima dos dois municípios estão a capital sergipana, Aracaju, e Barra dos Coqueiros, município de região Metropolitana.

Segundo o boletim, a região Agreste já começa a entrar para o patamar de alto risco de contaminação para o vírus, semelhante a situação vivenciada pelos municípios que formam a região Metropolitana.

Outro dado que o boletim traz é uma lista com os municípios que tiveram o mais crescimento médio de casos na última semana. Pedrinhas (18,5%), Brejo Grande (16,3%), Telha (14,9%) e Amparo do São Francisco (14,9%) aparecem no topo do ranking.

Se tratando do estado, a taxa de mortalidade em Sergipe chega a 35 por cem mil habitantes, ficando como a terceira maior do Nordeste, atrás do Ceará (71) e Pernambuco (54).

Por Ícaro Novaes

Comentários