Workshop pretende fortalecer cuidado do paciente com Hemofilia

0
A hemofilia é um distúrbio na coagulação do sangue decorrente da ausência de proteínas (Foto: SES)

Dando continuidade às atividades de educação continuada sobre o tratamento ofertado na rede pública de saúde para o paciente portador de hemofilia, o Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) realizará na próxima quinta-feira, 15, um workshop sobre o controle de sangramento da enfermidade.

O evento, que acontecerá no auditório do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), visa reforçar a importância da adesão ao tratamento com equipe multidisciplinar no ambulatório do hemocentro.
A Hemofilia no Brasil; Hemofilia e Impacto Social; Tratamento da Hemofilia e Barreiras de Acesso, além de apresentação do aplicativo Controle de Sangramento, serão os temas das palestras ministradas pela equipe do hemocentro.  A atividade tem como público alvo os hemofílicos e familiares e a equipe multidisciplinar composta por médicos, hematologistas, farmacêuticos, enfermeiros, fisioterapeuta, odontólogo, assistente social e psicólogo.
De acordo com o gerente do serviço, o biomédico Weber Santana Teles, o encontro tem como proposta chamar a atenção da comunidade hemofílica para manutenção do tratamento. “O serviço ofertado no hemocentro cumpre protocolos de tratamento da pessoa com hemofilia do Ministério da Saúde. A cada ocasião que reunimos os pacientes, suas famílias e os profissionais da equipe multidisciplinar, buscamos justamente a propagação e conscientização desse público para que eles sigam com seus tratamentos, que são as consultas para controle de sangramento e infusão de medicamentos”, explicou.
A hemofilia é um distúrbio na coagulação do sangue decorrente da ausência de proteínas, elementos responsáveis pelo crescimento e desenvolvimento de todos os tecidos do corpo humano, que entram em ação para estancar o sangue, quando ocorre um corte. Por conta da falta das proteínas os hemofílicos tem um sangramento anormal. A hemofilia é classificada em dois tipos, ‘A’ deficiência de fator de coagulação  VIII e a hemofilia ‘B’, falta do fator IX.
Serviço
O atendimento ambulatorial do Hemose funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17 horas.  Aos sábados, domingos e feriados o serviço não tem expediente. Em caso de necessidade, os pacientes devem buscar o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). Para ter acesso aos serviços, os usuários devem procurar a unidade com documento de identidade e o encaminhamento  médico. Mais informações através dos telefones: (79)3225-8000 e 3225-8046.

 

Fonte: SES 

Comentários