A segurança continua com Moro

0

A ingenuidade política do presidente Jair Bolsonaro, mais a ambição desmedida do Presidente da câmara, Sr. Rodrigo Maia, quase provocam um problema ara o governo federal.Antes de viajar em visita oficial à Índia, o presidente recebeu 17 Secretários de Segurança Pública que foram lhe fazer um pedido, simples e modesto, no dizer de um deles: o desmembramento da pasta nas mãos do ex-Juiz, Sergio Moro, dividindo, mais uma vez, de novo, o Ministério da Justiça e Segurança Pública. Os secretários já levaram até a sugestão de um nome para ocupar o Ministério da Segurança Pública, o do Sr.Alberto Fraga. A principio, Bolsonaro topou a ideia e chegou a dizer que iria pensar seriamente no assunto para se decidir quando voltasse da Índia. O general Augusto Heleno, da equipe do governo, alertou ao Presidente para a “besteira” que iria fazer porque desagradaria o Ministro Moro. Para o presidente a ficha só veio mesmo a cair quando se descobriu que o portador do pedido fora o Secretário de Segurança da Bahia, ligado ao governador Rui Costa, portanto, ao PT. Ainda não era tarde demais, mas o Presidente Bolsonaro passou a voltar atrás. Não haveria divisão de pasta coisa nenhuma, e a segurança pública continuaria a ser objeto de cuidados do ex-juiz. Deu tempo de desfazer o imbróglio mas os Secretários de Segurança Pública ficaram com o travo amargo da decepção. Afinal, eles saíram perdendo. Moro, consultado pela Imprensa, logo depois da reunião de Bolsonaro com os secretários, disse apenas que isso era uma decisão de governo e que, com ele, nada fora conversado. A esta altura já em Bombaim, na Índia, o presidente Bolsonaro mandou o aviso definitivo: nada de desmembrar pastas! Já então caiu na real: tudo não passava de uma armação do PT e de Rodrigo Maia para se imiscuir no governo. Não deu certo desta vez, mas quem garante que numa próxima o oportunidade (se houver…) o golpe vai dar errado? Rodrigo Maia, que é declaradamente candidato a Presidente da República, teme enfrentar nas urnas um nome forte e de peso, como Sérgio Moro, por isso gostaria imensamente de enfraquecê-lo e até forçá-lo a sair do governo… Já o PT embarcou na canoa furada no afã de dar uma cassetada em Sérgio Moro, a quem detesta com todas as suas forças. Quanto ao Presidente restou a lição: não prometa nada antes de consultar seus conselheiros…

Oposição muda de liderança

Quando as sessões da Assembleia retornarem em 3 de fevereiro próximo, haverá uma novidade: o deputado Georgeo Passos já não é mais o líder da Oposição, cargo que vai ser ocupado pelo deputado de primeira viagem, dr. Samuel Carvalho. Desde 2015 que Georgeo é líder da bancada da Oposição. “Chegou a hora de passar o cargo e os encargos, a outro parlamentar”, diz Georgeo Passos. Portanto, a partir de 3 de fevereiro, a Oposição contará com outro nome para servi-la. A Oposição, via grupo dos 4, também não vai contar com a participação do parlamentar Rodrigo Valadares que pediu “para ir ali” e não volta já… Está, inclusive, fora do bloco dos quatro, que agora virou loco dos três.

A PPP da iluminação pública

A Prefeitura de Aracaju disponibiliza, desde sexta-feira, em seu portal na Internet, uma consulta pública para que a população possa opinar e sugerir ideias sobre o processo de Parceria Público-Privada (PPP) da iluminação pública na Capital.Com isso a gestão municipal objetiva que esse processo tenha o máximo de contribuição da sociedade. A Consulta Pública fica disponível por 30 dias, entre 24 de janeiro e 23 de fevereiro. Nesse período, a população pode apresentar sugestões, críticas e outras contribuições. O site da Prefeitura vai disponibilizar um link para o formulário de Consulta Pública em que o cidadão pode escolher o documento que deseja apresentar contribuição, correção, sugestão ou critica, identificar o tópico que propõe a alteração ,e por fim, escrever qual a sugestão.

Reunião do PT

O PT abrigou-se no Cotinguiba Esporte Clube, no último sábado, para a posse da nova direção estadual do partido. A oportunidade também serviu para que o PT apresentasse à militância os pré-candidatos a Prefeitos municipais em todo o Estado e em Aracaju. Notou-se a ausência do deputado estadual Francisco Gualberto mas estavam por lá o deputado estadual Iran Barbosa, a vice-governadora Eliane Aquino, o deputado federal João Daniel (presidente estadual do partido) e Márcio Macedo, até prova em contrário o candidato do partido à Prefeitura de Aracaju. A partir de agora os petistas prometem intensificar o dialogo com a população aracajuana para a eleição de Márcio Macedo.

Inscritos no sisu

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) já passou dos 3 milhões de inscrições e do 1,5 milhão de inscritos. O Ministro da Educação, Abraham Weintraub, informou os dados no inicio da tarde de sexta-feira;. ”A partir de agora, o ritmo de pessoas acessando o sistema está diminuindo muito porque já atendemos praticamente todo mundo que tem interesse”, disse o Ministro da Educação. Antes do final da tarde de sexta-feira, o número de inscritos atingiu 3 milhões, 33 mil e 770 unidades e o número de inscritos um milhão, 583 mil, 345 pessoas.

 

 

 

Comentários