Águas ao mar

0

Os caudalosos afluentes do Rio São Francisco deixaram barrentas as águas de sua foz. Essa turbidez ocorre sempre que generosas trovoadas caem no sertão sergipano, como vem ocorrendo nos últimos dias. A pergunta que se faz é por que os sucessivos governos sergipanos nada fizeram para represar parte dessas águas antes que elas cheguem ao Oceano Atlântico? A resposta é simples: em vez de construir grandes barragens para armazenar as águas de riachos como o Jacaré, o poder público prefere aguardar a chegada das secas inclementes para recorrer aos carros-pipa visando matar a sede do sertanejo. Assim, os mantém encabrestados como bois nos corrais dos chefes políticos à espera das próximas eleições. Uma lástima!

Conta não fecha

Há quatro anos, o governo de Sergipe exonerou os 2,3 mil ocupantes de cargos em comissão e prometeu só recontratar 30% deles. Ontem, o governador Belivaldo Chagas (PSD), que era vice em 2014, anunciou a exoneração dos atuais 3.063 comissionados e informou que só 2.163 serão recontratados. Ora, se o então governador Jackson Barreto (MDB) prometeu só recontratar 30% dos 2,3 mil CC’s existentes em 2014, por que será que eles já são mais de 3 mil? Marminino!

Conversa mole

E o MDB velho de guerra se reuniu com o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) e prometeu ser “independente”. Resta saber até quando os velhos e viciados caciques emedebistas suportarão serem tratados “a pão e água”, como promete o capitão-presidente. Só Jesus na causa!

Denúncia grave

É muito grave a denuncia de nepotismo registrado na Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema). Segundo o Ministério Público, o presidente da autarquia, Gilvan Dias dos Santos, aboletou no gabinete dele os irmãos Givaldo e Eliane Cristina. O MPE apura, ainda, se é verdade que o assessor de comunicação da Adema mora bem tranquilo em Portugal. Crendeuspai!

Trabalhador golpeado

O vereador aracajuano Jason Neto (PDT) considera a extinção do Ministério do Trabalho um retrocesso para o Brasil. Ao criticar o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) pela decisão, o pedetista lembrou que o PDT vem de grandes lutas em defesa do trabalhador. “Temos certeza que, em qual plano estiver, o nosso ícone Leonel Brizola está arrepiado com o que vem acontecendo no país”, discursou. Certíssimo!

Sem preguiça

O governador Belivaldo Chagas (PSD) mandou um recado aos auxiliares preguiçosos: só ficará no governo quem não se preocupar com horário de trabalho e tenha foco na administração. Ele quer ter ao seu lado auxiliares dispostos a discutir os problemas do estado à noite, nos finais de semana e feriado. Segundo Chagas, quem não se adequar a este ritmo de trabalho pode pedir pra sair. Homem, vôte!

Abaixo a corrupção

O combate à corrupção deve ser transformado em uma política de Estado. Quem pensa assim é o senador eleito Alessandro Vieira (Rede). De acordo com ele, somente uma legislação que garanta instituições fortes e independentes possibilitará ao Brasil ser um país mais justo e desenvolvido. Vieira afirma que a corrupção “drena recursos da saúde, educação e segurança pública, gerando o estado de caos e abandono em que nos encontramos”. Aff Maria!

Na terrinha

Quem estará em Aracaju dia 19 próximo, será o ministro das Cidades, Alexandre Baldy. A convite do deputado federal André Moura (PSC), ele vem participar de inaugurações no bairro 17 de Março, periferia da capital. Os recursos para que a Prefeitura realizasse estas obras foram obtidos graças à intervenção de André. Ontem, Moura anunciou a liberação de mais R$ 62 milhões para obras de infraestrutura em Aracaju. Muito bom!

Justificando ausência

Os eleitores que não votaram nas eleições deste ano, têm até amanhã para regularizar sua situação eleitoral.  Vale lembrar que a comprovação da quitação com as obrigações eleitorais é necessária para tomar posse em cargo público, fazer matrículas em instituições de ensino superior e, no caso de servidor público, receber o salário. A justificativa pode ser feita diretamente nos cartórios eleitorais ou pela Internet. Você tá nessa?

Moeda de troca

Quem vai bancar o Réveillon de Aracaju são os usuários do transporte coletivo. Pelo menos é o que pensa o vereador Elber Batalha (PSB). Segundo ele, o sindicato das empresas de ônibus vai patrocinar o show e a queima de fogos na Orla de Atalaia em troca do reajuste da tarifa dos coletivos. E Elber fustiga: “Qual o interesse do Setransp em patrocinar a festa? Está claro que isso será uma permuta a ser bancada pelos passageiros”. Cruzes!

Recorte de jornal

Publicado no jornal Estado de Sergipe, em 15 de agosto de 1919

Resumo dos jornais

 

Comentários