Floro faz escola

0

As emissoras de rádio amanheceram nesta segunda-feira divulgando mais uma fuga de preso. Trata-se do homicida Fábio Baiano dos Santos. Ele foi removido de um presídio para receber atendimento médico em uma clinica particular de Aracaju e, apesar da escolta, conseguiu escafeder-se. O fugitivo repete a espetacular fuga do agiota Floro Calheiros, que bateu asas no último dia 21 de dezembro, quando estava internado no Hospital São Lucas. Apesar de ser considerado perigoso, Calheiros conseguiu imobilizar os agentes penitenciários, fantasiar-se de médico e sair tranquilamente da unidade hospitalar. Anteriormente ele já havia fugido pela porta da frente da 1ª Delegacia. O que se questionada é por que, menos de um mês após a fuga de Floro, levaram outro detento perigoso para ser atendimento em uma clínica particular? Não seria mais seguro recambiá-lo para o Hospital da Polícia Militar? Será que os “ensinamentos” deixados pelo agiota não foram compreendidos pela Secretaria estadual de Justiça? Fábio Baiano, este sim, aprendeu direitinho a lição do “professor” de fugas.

Propaganda é a saída

 

Com a crise financeira pode circular menos dinheiro, mas haverá mais trabalho. A afirmação é do publicitário Luiz Sérgio, diretor-presidente e de atendimento da Inter Marketing, uma das principais agências de publicidade de Sergipe. Segundo ele, em épocas de crises, o marketing é imprescindível. “Nessas horas a lógica diz que é preciso investir em publicidade, ou o mercado vai achar que você não existe mais”, ensina Luiz Sérgio.

Menos royalties

A Prefeitura de Aracaju esperava arrecadar este ano algo em torno de R$ 31 milhões com os royalties pagos pela Agência Nacional de Petróleo. Por conta da crise financeira, que fez despencar o preço do bairro de petróleo, a Secretaria Municipal de Finanças já está revisando este valor. Segundo o secretário Jeferson Dantas Passos, em 2008 os royalties renderam para Aracaju cerca de R$ 28 milhões. A queda de receita prevista para a capital será sentida por todos os municípios onde ocorre extração de petróleo.

 

País insone

 

Pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira do Sono mostrou que 43% dos brasileiros não têm um sono restaurador e apresentam sinais de cansaço no decorrer no dia. Os distúrbios do sono podem causar desde problemas à saúde, de relacionamento e profissionais até acidentes graves. Segundo a entidade, os três principais problemas do sono são as insônias circunstanciais ou crônicas; os distúrbios como a apnéia (paradas respiratórias durante o sono), os roncos, que atingem grande parte da população, e os distúrbios neurológicos do sono, que são mais raros, e afetam apenas 1% da população.

Feira na internet

Preocupado em facilitar a vida dos empreendedores, sergipanos e turistas, a organização da Feira de Sergipe está disponibilizando um site. No endereço eletrônico (www.feiradesergipe.com.br), os internautas terão acesso a diversas informações sobre o evento. Os visitantes e a imprensa podem encontrar no portal notícias sobre a estrutura do evento, programação cultural, fotos, música, parceiros e a relação dos expositores. A Feira vai acontecer de 13 a 25 de janeiro, na Praça de Eventos da Orla de Atalaia.

 

Estudantes convocados

 

Os estudantes que ficaram de fora da primeira chamada para o Programa de Financiamento Estudantil (Fies) devem ficar atentos. Às 10 horas de hoje será divulgada a segunda chamada dos alunos pré-aprovados para o programa de bolsas do governo federal. O financiamento estudantil é operacionalizado pela Caixa Econômica Federal, que financia de 50% a 75% das mensalidades. Para os bolsistas parciais (bolsa com 50% da mensalidade) do Programa Universidade para Todos (ProUni), o financiamento é de 100% do restante da mensalidade.


Bairro do Futuro

A Fundação Pedro Paes Mendonça vai inaugurar o Bairro do Futuro, no povoado Serra do Machado, em Ribeirópolis. Criada pelo empresário João Carlos Paes Mendonça, a Fundação é responsável pela transformação daquele povoado sergipano. Recentemente, a empresa Estrela anunciou a instalação de uma fábrica de brinquedos na Serra do Machado. A inauguração do Bairro do Futuro está marcada para as 17 horas do próximo dia 18.

 

Desemprego visível

 

Quase um terço da indústria pretende reduzir o número de empregados até o mês que vem, principalmente por estarem com estoques elevados e pela sensível queda nas vendas. No mês passado, 32,5% das indústrias informaram que pretendem demitir até fevereiro. Alarmante, esse índice é superior à média de 15 anos, que foi de 19,5%. O pico mais recente de demissões na indústria ocorreu em janeiro de 1999, quando houve a mudança do câmbio fixo para flutuante e 32,7% das empresas informaram a pretensão de cortar empregos.

 

Acordo excelente

O presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas, Gilson Figueiredo, achou excelente para ambas as partes o acordo firmado em torno da disputa pelo comando do Sebrae Sergipe. “Foi muito bom para o órgão, para as entidades que integram o Conselho Deliberativo e para o governo estadual. Agora que nos entendemos, é fazer a eleição e começar a trabalhar”, afirma. Pelo acordo, Gilson será o novo diretor-técnico do Sebrae. O pleito está marcado para a próxima quinta-feira.

Janeiro razoável

Este mês deverá ser razoável para o comércio sergipano. A previsão é do presidente da FCDL, Gilson Figueiredo. “A retração das vendas é normal em janeiro, mas acreditamos que, apesar da crise, será possível superar as expectativas”, revela. Segundo ele, o Pré-Caju vai aquecer o comércio e gerar um bom número de empregos temporários. Pelos cálculos da FCDL, as vendas registradas em dezembro passado ficaram cerca de 4% abaixo do que o esperado pelos empresários sergipanos.

Quer ficar rico?

 

A estimativa de prêmio para o próximo concurso da Mega-Sena é de R$ 7,5 milhões. O sorteio vai acontecer na próxima quarta-feira em Sergipe. A partir de hoje, o Caminhão da Sorte estará em Poço Verde para realizar até o dia 17 próximo os sorteios das Loterias da Caixa. Além da Mega-Sena, serão sorteadas naquele município as dezenas para os concursos da Lotomania, Lotofácil, Quina, Dupla Sena, Timemania e Loteria Federal. Vai deixar de jogar?

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários