Indecisos lideram

0

O elevado índice de indecisos apurado pelas pesquisas realizadas em Aracaju mostra que a população ainda não está preocupada com as próximas eleições. Consulta feita pelo Instituto Única e divulgada ontem pela TV Atalaia mostra que 52,8% dos aracajuanos não sabem em quem votar para prefeito. Estão certos, pois os partidos ainda não oficializaram as candidaturas e alguns nomes que aparecem hoje como prefeituráveis certamente não serão confirmados nas convenções. Portanto, quem cantar vitória neste momento pode se surpreender quando a campanha começar pra valer.

João na frente

O prefeiturável João Alves Filho (DEM) lidera a pesquisa feita pelo Única para prefeito de Aracaju. Na consulta espontânea ele aparece com 32,7%. Bem atrás, vêm Rogério Carvalho (3,5%), Valadares Filho (2,2%) e Almeida Lima (2,1%). Indecisos são 52,8%. A consulta, registrada no TRE (SE-00006/2012), foi realizada na capital de 2 a 4 deste mês e ouviu mil eleitores. O resultado da estimulada foi o seguinte: João 53,4%; Rogério 9,1%; Valadares Filho 8,5%; Almeida 8,3%; e indecisos 18%. A margem de erro é 5%.

Casamenteiro

Os itabaianenses estão comemoram hoje Santo Antônio, padroeiro do município. Logo cedo ocorreu alvorada festiva, e a programação prevê festas até o fim do dia. Protetor dos pobres e considerado casamenteiro, Santo Antônio também é invocado por pessoas que queiram encontrar objetos desaparecidos. Em Aracaju, as comemorações se concentram na Igreja localizada no bairro Santo Antônio.

Recursos

O governo de Sergipe recebeu no mês passado R$ 208,9 milhões, referentes ao Fundo de Participação dos Estados (FPE), volume 11,8% maior ao repasse feito em abril. Na comparação com maio de 2011, o FPE registrou crescimento de 7,7%. O valor do Fundo de janeiro a maio último já acumulou R$ 942,9 milhões, sendo 8,7% maior que o mesmo período do ano anterior.

Bico calado

O Partido Popular Socialista (PPS) está impedido de fazer programa partidário nacional em bloco no primeiro semestre deste ano, além de ter que pagar multa de R$ 5 mil. A punição foi aplicada ontem pela Tribunal Superior Eleitoral porque o PPS fez propaganda antecipada da candidatura de José Serra (PSDB/SP).

Enterro

Após decidirem retornar às salas de aula, os professores da rede estadual fizeram o enterro simbólico do governador Marcelo Déda (PT). Um boneco com o rosto do petista foi colocado em um caixão de defunto e levado em cortejo pelas principais ruas do centro de Aracaju. Mesmo com o fim da greve, os professores prometem continuar mobilizados em favor do reajuste de 22,22% para toda a categoria. Esta briga está longe do fim.

Comes e bebes

E quem almoçou ontem em Brasília com o governador Marcelo Déda foi o vereador aracajuano Robson Viana (PMDB). Durante os comes e bebes, o petista postou no twitter: “Antes que vire fofoca, informo que estou almoçando com o vereador Robson Viana. Sem qualquer convite para qualquer cargo”. Também desmentiu que ele e o deputado Valadares Filho (PSB) tenham convidado Robson para ser candidato a vice-prefeito de Aracaju.

Tucanos

Os tucanos sergipanos fazem festa amanhã em Aracaju para empossar Grace Franco no comando do PSDB Mulher e Bruno Andrade na presidência da Juventude do PSDB. O evento vai acontecer no auditório da CDL, localizado na rua Santa Luzia, em Aracaju. Além das principais lideranças tucanas, a festa será prestigiada por dirigentes dos partidos aliados.

Tartaruga

Dependesse da ajuda do governo federal, os flagelados sergipanos já tinham morrido de fome. As promessas feitas há meses pela presidente Dilma Rousseff (PT) ainda não foram concretizadas, pois não se pode considerar oferta de empréstimo bancário como auxílio para quem está no maior miserê. E olha que o ministro da Integração Social, Fernando Bezerra, é nordestino. Imagine se fosse um gauchito?

Essa é do baú

A história é verdadeira e conhecida pela maioria dos radialistas sergipanos, mas o blog vai omitir o nome do personagem principal. Portanto, vamos aos fatos: um acidente grave na área dos mercados centrais de Aracaju atraiu um grande número de curiosos. Também correram para o local os repórteres de rádio, ávidos para anunciar em primeira mão os detalhes do desastre, que fez uma vítima fatal. Visando driblar a multidão, que se aglomerava em volta dos veículos sinistrados, um dos comunicadores pedia licença, enquanto dizia ser parente próximo do morto. Para surpresa dele e algazarra geral, o falecido era ninguém menos do que um jumento pardo, que puxava a carroça atropelada por um fusquinha velho e sem freio.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários