O passageiro cansou

0

Passageiros revoltados depredaram ontem dois ônibus na Grande Aracaju. A ação violenta mostrou a irritação das pessoas com as “carroças” que as transportam, mas também serviu para alertar as autoridades para as péssimas condições dos coletivos, coisa que vem sendo denunciada há muito tempo sem que providências sejam tomadas contra as empresas. É claro que não se pode apoiar a atitude dos passageiros, mas a cena deixou claro que boa parte da frota está velha e não oferece qualquer conforto a quem precisa usar esse tipo de transporte. Outro dia, agentes da SMTT tiveram que apreender dois ônibus que circulavam sem vidros nas janelas e com goteiras no teto. Tomara que a atitude desesperada dos passageiros de Socorro e Aracaju sirva de exemplo e que a Prefeitura haja com maior rigor, obrigando as concessionárias a oferecer um bom serviço para justificar o elevado preço da passagem.

 

De olho na dengue

 

O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PC do B), vai divulgar nesta quinta-feira, durante entrevista coletiva, os últimos números da dengue na capital. Um dos dados que serão divulgados é o resultado do mais recente Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa), feito pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS). O estudo, realizado bimestralmente, indica a presença do mosquito transmissor da dengue em cada bairro da cidade. Com base no diagnóstico da situação atual, a Prefeitura de Aracaju vai intensificar as ações de prevenção da doença, que já vêm sendo executadas desde o ano passado.

 

Ensino reprovado

 

Veja que barbaridade: 21% dos professores da 5ª à 8ª série não fizeram curso superior. Dados do censo da educação básica realizado pelo Inep, instituto de pesquisas ligado ao Ministério da Educação, mostram que 26,6% dos professores da 5ª à 8ª série do ensino fundamental não têm a habilitação legal exigida para dar aulas nesse nível – diploma de ensino superior com licenciatura. Do total, 21,3% não possui nenhum curso superior. Os dados revelam também descompasso entre a formação do docente e o que ele tem a ensinar. Pode uma coisa dessas?

Perfil diferente


O EducaCenso, que será apresentado hoje pelo Ministério da Educação, revela um perfil do professor brasileiro muito diferente do estereótipo do profissional que tem de trabalhar em várias escolas e atender muitas turmas. Segundo o jornal O Estado de São Paulo, a pesquisa indica que 80,9% dos professores trabalham em apenas uma escola, que mais de 60% lecionam em um turno e que quase 40% respondem por somente uma turma.

 

Peça de museu

 

O hábito de gravar em casa o programa de TV preferido caminha para a extinção. Dos cinco grandes fabricantes de gravadores de DVD do país, apenas a LG mantém a produção – e mesmo assim de um modelo do ano passado. Philips, Samsung, Sony e Panasonic abandonaram o segmento no fim de 2008. De acordo com varejistas e fabricantes, não há demanda, em parte devido à facilidade para obter conteúdo gratuito na internet. Não por acaso, o DVO “recorder” migrou para o computador e o notebook.

 

A perder de vista

 

A melhora da atividade econômica levou o Bradesco a anunciar nova redução nas taxas e prazos mais longos. No início da semana, já havia anunciado prazos mais elásticos e juros menores nas suas linhas de crédito imobiliário. Desta vez, ampliou os prazos de 60 para 80 meses e reduziu os juros de 1,52% ao mês para 1,2% ao mês nas linhas de financiamento a veículo zero quilômetro. O banco garante que é o maior prazo do mercado e a menor taxa.

 

Troca de cadeira

 

O novo diretor de Assistência à Saúde do Ipesaúde é o médico Wolney Maciel de Carvalho Filho. Ele foi empossado ontem em substituição ao também médico Jorge Viana. “Assumo mais esse desafio em minha vida profissional para somar e, junto com todos que fazem o Ipesaúde, transformá-lo num dos melhores planos de saúde de Sergipe”, disse o novo diretor, que é servidor da autarquia há 23 anos. Para o presidente do Instituto, Vinícius Barbosa de Melo, o novo diretor seguirá a política de administrar com bom senso e abertura ao diálogo.

Os coronéis

 

Com o titulo acima, a coluna Periscópio, do Jornal da Cidade, publica hoje a seguinte nota: “O comandante da Polícia Militar, coronel Pedroso, anunciou ontem que o ex-comandante Magno Silvestre será o ouvidor geral da PM. Outro ex-comandante, José Péricles Menezes, assume a função de ajudante geral. Maurício Iunes assume o Comando do Policiamento da Capital e Claudemir Mendonça, o Policiamento do Interior. Interessante é que a PM sergipana tem 30 coronéis, incluindo os três médicos, e 24 cargos reservados só para eles. É tudo organizado”. Então tá!

 

Reunião da Saúde

 

Gestores da Secretaria de Estado da Saúde e do Ministério da Saúde estarão reunidos nesta quinta-feira para discutir estratégias que contribuam para a redução da mortalidade materna e infantil em Sergipe. Durante o encontro, também será realizado o planejamento de ações estratégicas do Plano Operativo Estadual para Redução da Mortalidade Infantil para os anos de 2009 e 2010. Já confirmaram presenças os secretários de Saúde de Aracaju, Nossa Senhora do Socorro, Capela, Nossa Senhora da Glória, Estância, Propriá, Itabaiana, São Cristóvão e Lagarto.

 

Contra as drogas

 

O município de Socorro será sede, nesta quinta-feira, da ‘XI Semana Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas’. O evento tem como objetivo alertar a sociedade sobre o risco do uso de drogas e orientar sobre os meios de combate e prevenção. Estão previstas a participação de representantes da sociedade civil como ONGs, conselhos tutelares, entidades religiosas e representantes da Prefeitura. Taí uma iniciativa merecedora de elogios. 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários