Opção petista: mostrar competência

0

         Este jornalista fica pasmo quando vê que quase todos os petistas que hoje estão no Poder (e agora, não somente no plano nacional, mas também no estadual), ficam a se debater uns contra os outros, atrapalhando até os governos que ajudaram a eleger. Isso vem ocorrendo desde que Lula assumiu o Governo Federal e agora constata-se também nos estados, inclusive em Sergipe.

          Evidente que todo mundo sabe que o Partido dos Trabalhadores abriga tendências políticas diversas, mas essas discussões deveriam se limitar ao âmbito interno. Mas parece que existe uma vaidade ou radicalismo de se mostrar que cada tendência é mais forte ou mais “raçuda” que a outra. Pior que muitas vezes surgem em meio a tudo isso, mesmo existindo os que possuem boa vontade e são sinceros embora errados, os chamados  “aloprados”, denominados assim pelo próprio, Lula. Reparem que sentindo-se tão poderosos, alguns já foram se parar até na justiça (Vide caso mensalão, no STF).

           Um exemplo disso é essa cartilha redigida por uma das tendências aqui em Sergipe, do PT, em que faz considerações sobre Marcelo Déda. Ora, as críticas e observações estão tomando conta das discussões de todos petistas, mesmo dos que exercem cargos públicos. Que esse pessoal discuta internamente ou nas mesas de bar, tudo bem, mas destinar todo o tempo útil do dia para isso, tenha paciência. Foi preciso uma reunião acirrada para acabar com a polêmica.

           É por essas e outras que as administrações do PT, tanto em Brasília, no Governo Federal, quanto em outros estados e municípios, perdem tempo e não tratam de administrar bem as diversas áreas públicas. Se existem acusações fajutas e incoerentes de parte da oposição ao PT quando Governo, as acusações de que muitos petistas têm dificuldade ou mesmo incapacidade, de administrar e gerir a coisa pública, são verdadeiras. O que o povo espera de uma administração não é ficar seguindo o bate-boca entre o pessoal que estar no Poder, mas sim que administre bem e resolva problemas reais nas áreas da Educação, da Saúde, da Segurança Pública (continuam matando gente inocente todos os dias!), entre outras.

            Enfim, o que se quer não é impedir as discussões teóricas ou quem tem mais ou menos cacife para se candidatar a isso ou aquilo (ah! a ambição por cargos! domina a todos e os petistas não estão imunes). Esse mutirão de debates sobre coisa nenhuma vai merecendo críticas, umas justas, de que muitos petistas não sabem administrar com sensatez e equilíbrio as áreas

governamentais. E esses bate-boca de mesa de bar agora transferidos para os limites do Poder contribuem para isso…A ponto de muita gente se perguntar: esse pessoal não quer trabalhar não ou vão continuar a discutir para todo o sempre?

 

 

 

 

Prefeito e vice não receberão salários em Pirambu

Decisão acertada do interventor Moacir Santana: o prefeito e o vice-prefeito não receberão os salários, respectivamente R$ 8,7 mil e R$ 5,3 mil. Até mesmo o interventor não receberá dos cofres da Prefeitura de Pirambu. Receberá através do Governo do Estado. Mais um detalhe: ao contrário do que informo este espaço esta semana, não é o interventor que está processando este jornalista, mas o secretário da Educação, Antônio Luiz, aquele que era “alvista’ de carteirinha, que liderou movimentos mesmo depois de ter sido exonerado da gerencia de marketing da Sefaz, por Gilmar Mendes, por conta de um grave problema envolvendo publicidade, com o apoio de outro secretário. Depois a coluna conta à história completa. Deixa passar 200 minutos…

 

Bomba: conta de celular no valor de R$ 34 mil

O interventor Moacir Santana está checando junto a uma empresa telefônica a conta de um celular que chegou a Prefeitura de Pirambu. Somente um mês a conta chegou à bagatela de R$ 34 mil. Não é o celular do prefeito, mas as primeiras informações dão conta que o número do celular será uma importante provas nos processos investigativos abertos sobre improbidade administrativa.

 

 

Flávio Conceição: 100 dias de licença e R$ 24 mil mensais

Um absurdo! E os membros do Tribunal de Contas ainda tentam passar uma imagem diferente para a população sergipana. Já pensou o pobre servidor público que ganha um salário mínimo. Quando falta mais de três dias tem que passar por uma junta médica. Já o conselheiro Flávio Conceição – que deve ser inocente na Operação Navalha, este jornalista é que devia estar preso – completou 100 dias sem trabalhar, de licença e continua recebendo seus gordos salários, a bagatela de R$ 24 mil (o mesmo salário do desembargador). Cadê os Ministérios Públicos Federal e Estadual? É um absurdo! Enquanto está de licença, Flávio freqüenta os melhores restaurantes da cidade e de quebra, conta com a ajuda de alguns para “plantar” ameaças para autoridades na imprensa de Sergipe.

 

Venâncio e Augusto pautam situação na AL

Não dá para entender. O governador Marcelo Déda tem maioria tranqüila na Assembléia, aproximadamente 18 deputados, mas a oposição, diga-se Venâncio e Augusto deitam e rola, pautando os discursos dos governistas. Diariamente ao invés de assumirem a tribuna para destacar as ações governamentais – como a isenção do ICMS para pequenos e médios empresários que foi destaque nacional – os governistas passam todo o tempo rebatendo as criticas de Venâncio e Augusto. Ou seja, caem na armadilha como patinhos. Imagine se tivesse na Assembléia mais dois Venâncios e dois Augustos…

 

 

Exemplo que deveria ser seguido por todo governo

O secretário da Infra-estrutura, Oswaldo Nascimento, depois de constatar in loco os problemas enfrentados na orla da Atalaia Nova pediu que o presidente da Dehop, Joelson Hora participasse ontem, 28, de uma reunião na Atalaia Nova com o prefeito, Airton Martins, políticos e empresários para debater a obra da orla daquele local. O presidente do Rotary Club da região, Carlos Montalvão, elogiou a iniciativa e disse que todos ficaram satisfeitos com o anúncio de que a obra da orla será realizada em sete etapas e será realizada independente dos problemas do mar  que está retomando seu lugar. Ficou decidido que apenas a etapa próxima do quebra-mar será analisada mais minuciosamente pelos técnicos da Dehop, para que não ocorram problemas futuros. Se este exemplo fosse seguido por todos os outros secretários…

 

Comissão para acompanhar concurso de escrivão

No Diário Oficial da última sexta-feira, 24, foi publicado o decreto do governador Marcelo Déda constituindo uma Comissão Especial de Trabalho para acompanhar o concurso público de provas e títulos para ingresso na carreira de escrivão de polícia judiciária 3ª classe. A comissão vai avalia a fase final de provas e títulos. A comissão é formada por: João Batista (delegado); Renata de Abreu (delegada); Verônica Lasar (rep. MP); Maria Edilene Conrado (procuradora do Estado) e Franklin Ribeiro (rep. da OAB/SE).

 

Comissão para acompanhamento psicodiagnóstico dos policiais

No mesmo Diário Oficial foi publicado o decreto, constituindo uma Comissão de Trabalho Técnico, no âmbito da SSP, para avaliação e acompanhamento psicodiagnóstico dos policiais civis, militares e bombeiros que se encontram no exercício de suas funções. Entre os objetivo da comissão está “a sistematização de ações que favoreçam uma maior qualificação da atividade policial, permitindo assim o resgate da sua credibilidade junto à sociedade, como também da sua auto-estima”.

 

Comissão de pesquisa sobre o uso abusivo do álcool

Ainda no Diário Oficial do dia 24, foi publicado o decreto constituindo uma Comissão de Trabalho de Pesquisa,  sobre o uso abusivo do álcool e a função que ele exerce na realidade psíquica dos profissionais da área de polícia. A formação da comissão tem como base a crescente demanda do uso abusivo do álcool, constatado no atendimento psicossocial oferecido pelo Centro Integrado de Apoio Psicossocial – CIAPS. O governador também assinou decreto criando uma Comissão Integrada de Trabalho Técnico para fomento a integração interinstitucional dos órgãos componentes da SSP, planejamento e elaboração de projetos para captação de recursos para aplicação no setor de segurança pública. 

 

 

E como está o processo do delegado Sérgio Ricardo?

Há mais de um mês a TV Sergipe divulgou uma matéria mostrando diversas irregularidades praticadas pelo delegado Sérgio Ricardo, que usava a estrutura da SSP para vender produtos da herbalife e até presos. O delegado foi afastado e o processo foi aberto pela corregedoria. Será que já tem algum resultado? Será que o delegado perderá o cargo de delegado através de inquérito administrativo? O vai prevalecer o corporativismo? Kércio, este processo não pode passar em branco!

 

 

Hospital de Cirurgia mantém seu título de pioneirismo

No  último sábado, 25, foi realizada no Hospital de Cirurgia a primeira correção de Aneurisma de Aorta Abdominal, por via endovascular no Estado de Sergipe. O Aneurisma, dilatação das artérias que pode ser rompido, apresenta 95% de mortalidade em todo mundo. Até então, a única modalidade era a cirurgia aberta. O médico responsável pelo procedimento foi o cirurgião vascular Dr. Christian Oliveira (e equipe).  O novo método diminui o tempo de internação e a agressão ao paciente, pois praticamente não existe corte.

 

 

Veículos: Omissão da Cptran na praia de Aruana I

É um absurdo o número de veículos nos finais de semana nas areias da praia de Aruana e a Cptran e o Detran fecham os olhos. Aliás, o Detran vem deixando a desejar no atual governo. A coluna fará campanha diária para combate o uso de veículos na areia das praias. De um leitor:“Gostaria de denunciar algo que vem ocorrendo todos os fins de semana, pelo menos no que se refere à praia da Aruana. Alí, onde em dias de sol muitas pessoas vão para relaxar nas areias, estas mesmas pessoas estão tendo que disputar espaços com carros que estão com as malas levantadas tocando todos os tipos de música, obrigando as pessoas que alí estão a ouvirem o que eles querem (geralmente de mau gosto), e ainda, ouvindo 03 ou 04 sons ao mesmo tempo”. Aliás, pode anotar caro leitor: o Detran precisa de sérias mudanças rapidamente, antes que seja tarde demais.

 

Veículos: Omissão da Cptran na praia de Aruana II

Continua o leitor:No dia 26/08, às 13:00hs, domingo passado, eu estava nesta praia, onde estava acontecendo novamente este lamentável fato, quando vi dois quadriciclos da CPTUR passando pela areia, foi quando pensei, “até que enfim eles vão ser retirados”, triste engano, os policiais apenas olharam e seguiram conversando. Tudo bem, pode não ser atribuição da CPTUR. Foi quando que mais ou menos trinta minutos depois vi duas motos da CPTRAN na pista, passando, olhando e pararam. Foi quando mais uma vez pensei “agora isso vai acabar e vou

ver esses carros serem multados”. Outro engano, as motos novamente seguiram e nada

fizeram.Além do perigo que os carros na areia da praia causam aos banhistas, o barulho que eles

fazem torna um dia que seria de tranqüilidade em inferno.Gostaria saber se é permitido aos domingos e feriados os carros estarem na areia da praia”.

 

 

Paulo Márcio é amigo de Déda e não de Jaques Vagner I

Deu numa outra coluna – que conspira com a chamada elite sergipana –  que a ascensão de Paulo Márcio na Polícia é obra de Jaques Vágner. Inverdade e tentativa de atingir mais uma vez a imagem do rapaz. A verdade é que Paulo  Márcio e Marcelo Déda vêm juntos desde 2006, quando, na campanha vitoriosa, tudo o que era proposto por Déda sobre melhoras na Segurança Pública era escrito por Paulo Márcio e alguns colegas. Na fase de transição entre um governo e outro, Paulo Márcio era o homem de confiança de Déda nas questões de Segurança Pública. Nos Primeiros oito meses de Governo, Paulo Márcio manteve suas convicções (o que lhe custou tão caro), mas pensando sempre no melhor para a Segurança Pública do Governo de Déda. A ascensão de Paulo Márcio é o resultado de um comportamento consistente pautado na ética e na responsabilidade, desde os bancos da UFS, delegacias do interior, delegacias da capital, sindicato dos delegados, etc. Sem dúvida, Paulo Márcio é um dos líderes da categoria, liderança adquirida por levantar e defender bandeiras que visam sempre o melhor para a Instituição que defende e, principalmente, para a população que mais carece da proteção do Estado.

 

 

Paulo Márcio é amigo de Déda e não de Jaques Vagner II

Paulo Márcio e Kércio Pinto passaram a se conhecer melhor e se respeitar já no final da dupla. Tanto é verdade que depois do mal entendido que culminou na sua exoneração ele foi humilde e disse a Kércio: “Esse projeto também é meu. Eu quero ajudar. Contem comigo, mesmo que seja informalmente.” O fato é que a partir de então, na turbulência, o caráter de Paulo Márcio, que foi posto à prova, mostrou-se polido e honrado, conseguindo com isso, firmar a sua importância como referencial entre os seus colegas; a admiração de Kércio que passou a enaltecer o seu caráter e, para frustração do tal colunista, pasmem: consolidou o seu prestígio com Déda. O episódio do Santa Maria já está sendo superado. Amigos dizem coisas, pedem desculpas e a vida continua (e Paulo Márcio é um dos poucos que diz o que pensa sobre Déda a Déda). Paulo Márcio e Marcelo Déda se admiram pela trajetória que ambos construíram e o relacionamento deles é de amigos.

 

Mensalão: STF dá recado para reforma moralizadora

O senador Valadares (PSB) foi à tribuna ontem, 28 para, mais uma vez, alertar aos parlamentares sobre a necessidade urgente de o Congresso concluir uma reforma política moralizadora. “O Supremo Tribunal Federal tomou decisão histórica, fazendo com que diversas autoridades, empresários e políticos venham a responder no banco dos réus às acusações impetradas pelo chefe do Ministério Público Federal. E, hoje o dr. Carlos Britto, ministro do STF, disse que as decisões sinalizam uma atitude política do tribunal. O STF está dando um recado mais do que claro de que o Congresso Nacional deve aprovar uma legislação que venha a evitar, no futuro, que fatos tão tristes venham a acontecer de novo em decorrência de financiamentos irregulares, de uso de caixa dois, de lavagem de dinheiro e de intromissão indevida de autoridades no Congresso, para obtenção de apoio ao governo”, disse o senador. Não confiando no atual Congresso, para a execução da reforma necessária, Valadares voltou a propor uma constituinte exclusiva para tratar deste tema. O senador Valadares é autor de diversos projetos e emendas no sentido da moralização política, tais como fidelidade partidária sob pena de perda do mandato; cassação para quem  compra voto; regras mais abrangentes para avaliação da lavagem de dinheiro; maior rigor nas licitações públicas para evitar corrupção e prejuízo aos cofres públicos, voto distrital misto, entre outros. 

 

 

Adepol reafirma conteúdo de nota pública

Nota assinada pela delegada Iracy Ribeiro Mangueira Marques, Presidente do Sindepol – SE e Adepol – SE: “A Associação dos Delegados de Polícia Civil de Sergipe – ADEPOL/SE, considerando a repercussão dos fatos que ocorreram após a publicação de Nota Pública, vem reiterar integralmente o conteúdo da mesma, destacando que a categoria não pretendeu intrometer-se em decisões de cunho político-administrativas, mas apenas garantir, tanto aos delegados de polícia quanto aos policiais civis, melhores condições de trabalho, mediante o atendimento de pontos desta pauta que já tinham sido apresentados ao Governo, desde o início de sua gestão.Acrescente-se, ainda, que, da mesma forma, a ADEPOL/SE firma sua posição em favor de toda e qualquer medida governamental que objetive a contenção de gastos e moralidade pública ressaltando apenas que tais medidas devem levar em consideração as peculiaridades de cada caso, em especial as que pertinem à atuação de polícia judiciária investigativa”.

 

 

Nutrição e segurança alimentar

O recém criado curso de Nutrição da Universidade Federal de Sergipe, em uma parceria com a Secretaria de Estado da Saúde, organiza o I Ciclo de Palestras Dia do Nutricionista, comemorado em 31 de agosto na sala dos Conselhos da Reitoria, Campus São Cristóvão. O evento terá como temática a Segurança Alimentar e Nutricional e tem por objetivo  difundir e debater o tema entre nutricionistas do estado e graduandos do cursos de nutrição. As palestras contarão com renomados nomes da área, como o da professora Sônia Lucena,  adjunta do Departamento de Nutrição da UFPE e conselheira do conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (CONSEA) e ainda  Mariana Carvalho Pinheiro, assessora técnica da Coordenação-Geral da Política de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde (CGPAN/MS). Na programação está incluída também uma mesa redonda que discutirá as atividades e parcerias do curso de Nutrição durante o primeiro semestre deste ano. Os interessados em participar podem obter outras informações entrando em contato com a Coordenadora do evento professora Raquel Simões M.  Netto (raquel@ufs.br).

 

 

Batendo cabeça na saúde estadual

De um leitor: “Você  narrou em sua coluna de hoje na Infonet de forma assustada sobre a manchete de um jornal de que “Kércio vai mandar na SSP”, questionando se o mesmo passou oito meses sem mandar em nada. Não acho isso impossível, nem novidade. Na SES, o secretário Rogério Carvalho fez a mesma coisa com seus coordenadores de área (segundo escalão). Impôs a eles os nomes dos gerentes de setores, sem diálogo, nem negociação e, em alguns casos, sem critério de competência. Isso faz com que alguns gerentes não aceitem a autoridade de seus superiores imediatos, porque foram convidados diretamente pelo Secretário. Conseqüência: já teve coordenador substituído com menos de 6 meses no cargo e já há outros perigando sair. Foram fritados por incompetência de integrantes da equipe ou por não terem autoridade sobre eles. E assim, continua a mudança”.

 

 

Critica a normas dos hospitais municipais

Aproveito esse espaço para fazer uma crítica a Secretaria de Saúde da Prefeitura de Aracaju, quanto às normas aplicadas nos hospitais “postos de saúde “da Avenida maranhão e conj. augusto franco, pois sou um usuário perene que toma medicação a cada 21 dias mas tenho que tomar nas horas marcadas e se chegar nos intervalos entre 18:00 as 20:00 horas ou depois das 22:30 hs não disponibiliza mais o atendimento. Do jeito que vai a saúde da prefeitura com tanta corrupção vindo à tona na gestão de Rogério Carvalho vai chegar um ponto que para tomar uma bezetacil vou ter que tomar com hora e dia marcado num pronto-socorro que devia mudar o nome para…”

 

 

7º Congresso Brasileiro de História Econômica

O reitor da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Josué Modesto, foi recebido na manhã de ontem, 28, pela secretária de Estado do Planejamento, Lúcia Falcón. O encontro, que aconteceu na sede da Seplan, teve por finalidade tratar do 7º Congresso Brasileiro de História Econômica e da 8ª Conferência Internacional de História de Empresas, eventos que serão realizados pela UFS na primeira semana de setembro. “Tanto o Congresso quanto a Conferência têm uma relação muito íntima com o pensar a economia enquanto fenômeno histórico de desenvolvimento. Eles são muito importantes para quem pensa o desenvolvimento a longo prazo, como é o caso da Secretaria de Planejamento”, afirmou Josué Modesto. Lúcia Falcón aproveitou a oportunidade para tratar tanto de projetos que a Seplan já está realizando com a Universidade Federal de Sergipe quanto de outros que pretende desenvolver. “Ações como essas servem para estreitar os laços entre as instituições. Um exemplo de sucesso promovido por essa parceria é o Planejamento do Desenvolvimento Territorial Participativo, desenvolvido pela Seplan com o apoio de economistas da UFS”, lembrou a secretária.

 

Perigo à vista: usina nuclear

 De um leitor: “Quero parabenizar o leitor que lembrou que um dos maiores perigos da instalação de uma usina nuclear, não se relaciona como  seu funcionamento propriamente dito, mas também, com o armazenamento   do lixo atômico ou nuclear, que é gerado pela usina.  Lembra o leitor que países adiantados tecnologicamente, com maiores recursos que o Brasil, enfrentam dificuldades com isso: onde colocar esse lixo mortal? aponta nossa realidade, de tantos estados brasileiros e também de Sergipe: Se não temos ainda capacidade de se livrar do lixo hospitalar adequadamente, o que dirá do lixo nuclear?”.

 

 

Livro registra pensamento  sobre Educação

O professor Dr. Jorge Carvalho do Nascimento irá lançar no dia 17 de setembro, às 19 horas, no Teatro Tiradentes, o livro ‘Intelectuais da Educação: Silvio Romero, José Calasans e outros professores’. O lançamento faz parte da programação da 9ª semana de Pesquisa da Universidade Tiradentes que acontecerá de 17 a 21 de setembro, e que terá como tema: ‘Educação e desenvolvimento humano’. O livro contém nove artigos sobre sergipanos e sergipanas que desempenharam funções docentes na Educação, dentro e fora do Estado de Sergipe, e cuja influência transpôs as fronteiras, destacando-se no Brasil e sendo fonte de estudos, inclusive, em outros países. Entre eles estão as professoras Possidônia Bragança e Maria Thetis Nunes, e os professores Alfredo Montes, Abdias Bezerra, Silvio Romero, José Calasans, como também docentes da Escola Normal e da Escola Agrotécnica Federal de São Cristóvão.

 

Critica ao transporte interurbano

De um leitor: “Meu caro jornalista mais uma vez disponho deste espaço para fazer um comentário sobre algo que estar acontecendo freqüentemente com os ônibus interurbanos de nossa cidade.Como é de conhecimento de todos, há poucos dias foi implantado o sistema de bilhetagem eletrônica, com o objetivo de futuramente eliminar a função de cobrador de ônibus, embora os criadores morram negando. No ultimo sábado à tarde ao sair do shopping jardins junto com minha mãe e minha filha e tomar o ônibus circular indústria e comercio, tivemos o desprazer de ficar por mais de 15 minutos em pé dentro do veículo sem que ele saísse do lugar, pois a borboleta insistia em travar após passar duas ou três pessoas, forçando o novo sistema a ser reiniciado.É o cumulo, não sou contra a modernidade, agora que ela venha para melhorar a vida das pessoas não para transformar em um pandemônio como ocorreu comigo no ultimo sábado quando tive que ficar em pé com uma criança de 2 anos nos braços e anda proteger minha mãe de 65 anos para não ser pisoteada no meio de uma algazarra que se transformou lamentável fato. E mais não é a primeira vez que acontece, pois ouvi as pessoas relatando que o fato vem ocorrendo freqüentemente”.

  

Indique um amigo para receber esta coluna: claudionunes@infonet.com.br

 

 

Frase do dia

“Além, um homem/falava de igualdade e justiça/tinha nos olhos o mesmo brilho /de uma estrela matutina,/ mirando o nascente, fiquei pensando/Liberdade – o homem nasceu para pensar”. Hélio Nunes, poeta sergipano, do poema “Liberdade”, do livro: “Pássaro do Amanhã”.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários