Adolescente morre eletrocutado

0

Adolecente tinha 17 anos (Foto da foto: Portal Infonet)
Adolescente morreu eletrocutado na madrugada dessa quinta-feira, 18, no mercado Teles Ferraz. A vítima, identificada como Luan Santos Silva de 17 anos, teria recebido uma forte descarga elétrica, no momento em que trabalhava na desmontagem da iluminação do palco, onde foi realizado o show em comemoração aos 155 anos de Aracaju.

De acordo com Adilson Rodrigues, pai da vítima, o filho trabalhava sem carteira assinada e não tinha nenhum curso profissionalizante. “Ele aprendeu mexer com essas coisas sozinho e gostava do que fazia”, comentou.

Adilson ainda informou que o filho já havia trabalhado com iluminação de algumas bandas sergipanas. “Ele já trabalhou na “Vou de Xote” e na “Forró Brasil”, isso foi uma fatalidade”, ressaltou.

Empresa

A empresa contratada para realizar a iluminação do local foi a Muving Iluminação, e de acordo com um amigo do proprietário que estava no local, identificado como ‘Pinto’, o jovem foi chamado para fazer um trabalho extra.

“Ele foi chamado para trabalhar carregando o caminhão e não para desmontar a iluminação. Por conta própria ele subiu numa escada e foi mexer nos fios, aí infelizmente acabou acontecendo isso”, relatou.

Pinto ainda informou que o jovem chegou a receber os primeiros socorros no local, mas não resistiu e acabou morrendo. O corpo de Luan foi encaminhado ao Instituto Médico Legal, por volta das 5h40 dessa quinta, onde familiares aguardavam a liberação do corpo.

Comentários