Agentes fazem ato para criar cargo único na Secretaria de Segurança

0
Agentes se concentram na praça Fausto Cardoso (Fotos: Ascom/Sinpol)

Agentes da Polícia Civil de Sergipe realizaram um ato de advertência pela implementação do Projeto Oficial de Polícia Civil (OPC) no Estado, que cria cargo único na esfera da Segurança Púbica. Durante a manhã, os agentes ficaram concentrados na praça Fausto Cardoso, no centro de Aracaju, transmitindo informações para a população sobre a reivindicação. Na ótica dos manifestantes, colocado em prática, o projeto otimizará o trabalho da polícia, trará melhores condições às atividades, além de proporcionar agilidade na elucidação de crimes.

Manifestantes usam carro de som para esclarecer projeto à população

Segundo os dirigentes do Sinpol, o projeto de lei já está pronto, faltando apenas decisão do governador Belivaldo Chagas para encaminhá-lo para apreciação na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese). De acordo com o Sinpol, o projeto promoverá a reestruturação dos cargos da base da Polícia Civil, criando o cargo único de oficial de polícia civil.

Pelos cálculos do sindicato, a implantação do projeto não onerará os cofres públicos. De acordo com a proposta, segundo o Sinpol, as ocorrências serão registradas imediatamente por qualquer oficial que esteja de plantão na Delegacia da Polícia Civil e esse mesmo servidor terá poderes para realizar as diligências necessárias para elucidar o crime registrado naquele momento.

A assessoria do governador Belivaldo Chagas informou que o projeto ainda não foi concluído e que está sendo construído, de forma a contemplar a categoria sem causar impactos financeiros a curto prazo. Assim que estes estudos forem concluídos, segundo a assessoria, o projeto será enviado à Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese).

por Cassia Santana

Comentários