Rodoviários protestam contra o transporte alternativo

0

O projeto de lei que visa aumentar o número de topiqueiros de 120 para 200 está causando um certo mal-estar entre os rodoviários. Na manhã dessa quarta-feira, dia 6, às 9 horas, eles pretendem realizar uma manifestação contra a assinatura do projeto de Lei que autoriza a regularização do transporte alternativo. Segundo João Batista, do Sindicato dos Rodoviários, este ato pode causar, além do aumento do desemprego, a diminuição do número de ônibus que roda na capital sergipana. “A manifestação será na porta da Assembléia Legislativa. Para se ter uma idéia, hoje, só em Aracaju, existem cerca de 6 mil rodoviários desempregados. Nossa manifestação não é contra o transporte dos topiqueiros, e sim contra o desemprego”, diz João Batista. Antes do transporte alternativo, as linhas de transportes empregavam 2.730 rodoviários municipais. Hoje este número caiu para 730. “Com esta diminuição, cerca de 2 mil rodoviários foram desempregados. Esta medida não resolve o problema do transporte clandestino. Os 98 veículos que rodam atualmente empregam 799 funcionários. Este número de veículos já chegou a 232. A cada ônibus rodando, são gerados sete empregos, enquanto que a topique gera apenas dois”, diz João Batista.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais