Empresário lamenta diminuição do nº de vôos para SE

0

Em janeiro, pousaram no Aeroporto de Aracaju, dez vôos de destinos nacionais
A diminuição do número de vôos para o Aeroporto de Aracaju vem preocupando setores da economia sergipana, a exemplo do turismo.  De acordo com o diretor geral do grupo SuperClubs, que administra o resort Starfish Ilha de Santa Luzia, Xavier Veciana, em janeiro pousaram diariamente em Aracaju, dez vôos provenientes de destinos nacionais, o que representa uma oferta de 1.666 poltronas por dia, considerado insuficiente para atender à demanda.

 

O empresário afirmou que mais do que insuficiente para atender a atual demanda turística e hoteleira, a oferta é inferior à registrada em janeiro de 2008, quando pousaram diariamente em Aracaju, 12 vôos que ofereciam 1.972 poltronas. Ele considera um desequilíbrio entre o crescimento do número de hotéis e o de vôos que chegam diariamente em Aracaju.

 

“As 1.666 poltronas de avião disponibilizadas diariamente são insuficientes para atender não somente o Estado como um todo, mas a capital. Além do déficit de poltronas de avião em relação ao número de leitos, mais da metade das poltronas disponíveis são ocupadas por pessoas que retornam para suas casas. E para os hotéis, sobra um número muito reduzido de poltronas de avião”, lamenta Xavier Veciana, defendendo uma mudança de paradigma que uma o empresariado aos poderes públicos, como forma de reverter a situação.

 

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais