Sergipano recebe medalha de ouro em competição no MT

0

Foto: Divulgação

O sergipano Breno Morais Santos, do Colégio Estadual Professor Joaquim Vieira, recebeu das mãos do Diretor Geral das Olimpíadas Escolares, Edgar Hubner, no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá (MT), uma Pinarello Dogma 2.

Feita sob medida, a máquina é considerada a melhor bicicleta do mundo, tem freio Campagnolo Super-Record Eletrônico e frente extremamente baixa, que melhora a aerodinâmica do ciclista.

“Ano passado o Marcus Vinícius Freire, Superintendente Executivo de Esportes do COB, estava em João Pessoa (PB) e prometeu ao Breno dar-lhe uma bicicleta de presente. Ele conversou com o presidente da Pinarello, que veio ao Brasil, tirou as medidas dele e estamos entregando esse presente a você. Agora, a responsabilidade é sua”, afirmou Edgar.

Embaixador das Olimpíadas Escolares, o medalhista pan-americano Luciano Pagliarini ficou de boca aberta quando viu a máquina. “Essa é a Ferrari das bikes. Como comparação seria a mesma coisa pegar o carro do Fernando Alonso e entregar para ele. Só a equipe inglesa Sky tem essa bike. Acredito que ela é a primeira no Brasil”, disse Luciano, lembrando que a máquina custa em torno de R$ 30 mil.

Aos 15 anos, Breno ficou em quarto lugar no contra relógio, prova realizada na manhã desta sexta-feira, não vai usar a máquina nas duas provas restantes das Olimpíadas Escolares 2012 e garante que vai tomar o maior cuidado com o presente.

“É muita responsabilidade. Espero corresponder essa aposta do Comitê Olímpico Brasileiro”, disse o jovem, que ainda brincou. “Agora quem dorme na minha cama é ela. Eu durmo no chão”.

Sobre o futuro, Breno foi taxativo: “Um dia ainda pretendo chegar ao nível do Luciano Pagliarini. Meu sonho é disputar os Jogos Olímpicos e a Volta da França, mas para isso ainda falta muito”, considerou.

As Olimpíadas Escolares são organizadas e realizadas pelo Comitê Olímpico Brasileiro, correalizadas pelo Ministério do Esporte e Organizações Globo e apoio da Prefeitura Municipal de Cuiabá e Governo do Estado de Mato Grosso.

Fonte: COB/Divulgação 

Comentários