Sergipe passa pelo Dorense

0

O Sergipe conseguiu passar por dois adversários, no último domingo, em Dores: primeiro o bom time do Dorense, que acabou derrotando por 1 a 0 e segundo as péssimas condições do gramado do estádio Ariston Azevedo. O gol do “Mais Querido” foi marcado aos quatro minutos do segundo tempo, através de Gil cobrando pênalti. Com a vitória, a equipe rubra permanece na primeira colocação do hexagonal com 12 pontos, ao lado do Confiança, mas leva vantagem sobre o adversário porque tem um melhor saldo de gols.
Para a partida do próximo domingo contra o “Dragão”, o Sergipe poderá contar com os atletas Mazinho e Vicente, que não atuaram em Dores, porque cumpriram a suspensão automática. Durante esta semana, a assessoria jurídica rubra vai tentar diminuir a pena do Zagueiro Rogério, imposta pelo Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Sergipana de Futebol. O atleta foi julgado na semana passada, tendo sido suspenso por quatro jogos. Ele só participou da partida contra o Dorense, graças ao efeito suspensivo.
Depois da vitória contra o alvirrubro de Dores, o técnico Luís Carlos Cruz fez questão de elogiar todos os jogadores, pela maneira que eles se comportaram taticamente durante os 90 minutos. “Nossos atletas não só cumpriram as ordens táticas, mas apresentaram uma garra muito grande”, disse Cruz, ressaltando que se o gramado não ajudou o toque de bola, em compensação a força de vontade superou todas as adversidades.
Dorense: Freitas, Juninho (Ricardo) (Catu), Luizinho, Elton e Osmário; Fabiano, Erinaldo e Boguito; Vilson, Dagil e Zominho. Técnico: Manoel Adelmo.
Sergipe: Aloísio, Pedro Aruba, Luizinho, Edinho, Sidney e Nilson; Cristiano (Rogério), César Lira e Gilson Maratá (Serginho); Aílton (Quirino) e Gil. Técnico: Luís Carlos Cruz.
Renda: R$ 2.400,00
Público: 800
Árbitro: Antonio Hora Filho.
Cartões amarelos: Osmário, Vilson e Dagil.

Comentários