Agrupamento do PT quer expulsão de Francisco Gualberto do partido

0
Militantes do PT entendem que o deputado traiu o partido ao votar a favor da Reforma da Previdência (Foto: Arquivo / Assessoria parlamentar)

Os integrantes do Partido dos Trabalhadores (PT) em Sergipe que fazem parte do agrupamento Articulação de Esquerda querem a expulsão do deputado estadual Francisco Gualberto do partido. A alegação do grupo é que o parlamentar, ao votar a favor da Reforma da Previdência Estadual, foi de encontro a determinação da executiva nacional.

No dia 22 de janeiro os integrantes da Articulação de Esquerda protocolaram a representação na Comissão de Ética contra o deputado Francisco Gualberto, e vão pedir sua expulsão por entenderem que o parlamentar traiu o partido e classe trabalhadora ao votar a favor da Reforma da Previdência. Na próxima segunda-feira, 3 de fevereiro, o agrupamento irá protocolar novamente a representação na Comissão de Ética.

“Aqui em Sergipe não houve orientação de como os deputados deveriam votar, portanto, os deputados Iran Barbosa e Francisco Gualberto deveriam seguir o que executiva nacional que fechou questão e orientou a todos seus filiados a votar contra a reforma. O voto dos dois deputados do PT não mudaria o resultado, mas era uma questão de honra. Iran votou contra, mas Gualberto foi favorável a Reforma Estadual que é bem pior do que a Reforma em âmbito Nacional”, afirma Tadeu Brito, membro do diretório estadual do PT e integrante do agrupamento Articulação de Esquerda.

Tadeu explicou que no ultimo final de semana, durante a posse do diretório estadual do PT, foi formada a Comissão Executiva que é quem irá receber a representação da Comissão de Ética. “ É a comissão executiva que iá julgar se abre ou não a Comissão de Ética. Se for negado, vamos recorrer a Comissão de Ética Nacional e vamos pedir a expulsão de Francisco Gualberto do PT. O partido defende o trabalhador e não seremos cúmplices desse crime contra os trabalhadores”, ressalta.

O Portal Infonet entrou em contato com a assessoria de comunicação do deputado Francisco Gualberto que informou que o parlamentar não está se manifestando sobre esse assunto. O presidente da executiva do PT em Sergipe, Deputado João Daniel, informou através de nota que todas as representações sobre membros do Partido dos Trabalhadores que forem encaminhadas dentro do que diz o regimento interno serão encaminhadas, analisadas e deliberadas.

Em relação ao recurso feito pelo corrente Articulação de Esquerda, João Daniel informou que não há nenhum posicionamento porque ainda não houve nenhuma reunião das instâncias do PT. O presidente estadual da sigla afirma que o PT não tem interesse em expulsar nenhum militante filiado, com mandato ou não.

Por fim, João Daniel disse que Executiva Estadual do Partido dos Trabalhadores em Sergipe não deliberou sobre as votações que ocorreram na Assembleia Legislativa de Sergipe durante o ano de 2019.

Por Karla Pinheiro

 

Comentários