Coren interdita quatro setores do Hospital Fernando Franco

0
Hospital Fernando Franco sofre nova interdição ética (Foto: Coren/SE)

O Conselho Regional de Enfermagem (Coren) decretou na tarde desta sexta-feira, 8, intervenção ética em quatro setores do Hospital Fernando Franco, localizado no conjunto Augusto Franco. A unidade, que já estava interditada pelo Conselho Regional de Medicina, está recebendo somente os atendimentos de emergência e urgência odontológica.

Na decisão do Coren, consta que foi aberta uma sindicância para averiguar as condições do exercício da enfermagem e que foram constatadas irregularidades, que culminaram com interdição ética parcial do exercício da profissão nos setores de pediatria, salas de observação masculina e feminina, centro de material e esterilização e sala de medicação rápida. Um dos principais motivos para a interdição seriam a presença de fiação exposta e a ausência de climatização em virtude das obras inacabadas na unidade hospitalar.

A SMS explicou à equipe de reportagem do Portal Infonet que já cumpriu a maior parte das exigências feitas pelo Coren em sua última visita ao local. A SMS disse ainda que a unidade passa por adequações estruturais e que a único ponto pendente com relação às recomendações do Coren é a instalação de aparelhos de ar-condicionado em determinados ambientes, serviço que deverá ser concluído neste sábado, 9.

Com relação à interdição feita pelo Cremese, a SMS explicou também que a secretária Waneska Barbosa esteve novamente no Cremese, ond entregou uma nova escala de plantões e solicitou a desinterdição da unidade hospitalar.

Com a conclusão dos serviços de instalação dos aparelhos de ar-condicionado e entrega da nova escala de plantão, a SMS tem a expectativa de receber do Cremese e Coren autorização para desinterdição do Fernando Franco.

Atualmente, a unidade está “fechada”, recebendo apenas atendimentos de emergência e urgência odontológica.

por Verlane Estácio

Comentários