MPE abre investigação após detectar 29 medicamentos em falta no Case

0

A Promotoria de Saúde do Ministério Público de Sergipe abriu procedimento para investigar o que tem provocado as frequentes desassistência de medicamentos no Centro de Atenção à Saúde de Sergipe (Case). Durante visita surpresa do promotor de justiça Amilton Neves, na manhã desta quarta-feira, 27, ele identificou a ausência de 29 medicamentos na farmácia do Case, além de receber diversas denúncias dos usuários. O promotor vai apurar todas as informações e identificar os responsáveis pela desassistência, mas destacou que o MPE preza, primeiramente, pela solução do problema de forma extrajudicial.

Confira a reportagem completa no vídeo:

SES

A assessoria de comunicação da Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que tem conhecimento da visita do promotor ao Case, mas só podem se posicionar oficialmente após notificação. Até o momento, isso não ocorreu.

A matéria foi alterada às 17h17 do mesmo dia de publicação da matéria (7/02/2019) para acréscimo da nota da SES.
Comentários