Sindimed afirma que PMA não tem interesse em negociar com os médicos

0
João Augusto, presidente do Sindimed (Foto: Arquivo Portal Infonet)

A Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) respondeu à Justiça que não tem interesse em negociar com os médicos. A informação foi passada na tarde da última segunda-feira, 3, para a justiça, atendendo ao prazo dado pelo Desembargador Diógenes Barreto, na audiência de conciliação entre os médicos (representado pelo Sindimed) e a PMA, na quinta-feira, 30 de agosto.

Diante da resposta os médicos aguardam o ‘bater do martelo’ do desembargador sobre o pedido – de abusividade – ingressado pela Prefeitura de Aracaju, contra os médicos.

Contrária à posição da Prefeitura, os médicos afirmam que estiveram sempre dispostos a negociar com a Administração Municipal. Na audiência, a categoria chegou a ‘abrir mão’ ou melhorar a apresentar propostas alternativas sobre o pleito da categoria, dentre elas, que fosse dado a partir de outubro, um reajuste de 2,96%, e que a Tabela Única dos médicos fosse implementada a partir de 2019 (quando já deveria ter sido iniciada a sua implementação em janeiro de 2018, conforme promessa do prefeito Edvaldo Nogueira).

Os médicos da rede municipal de Aracaju em assembleia decidiram continuar com a greve e farão um ato na porta da Câmara de Vereadores.

PMA

A SMS afirma que já comprovou ao sindicato e à Justiça que não tem condições financeiras para dar o reajuste à categoria, e que, assim como o Sindimed, está aguardando a decisão do desembargador sobre esta questão.

Fonte: Sindimed

Comentários