Discurso furado

0

Os marqueteiros do prefeiturável João Alves Filho (DEM) terão que encontrar outro discurso para insinuar desonestidade na administração do prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B). Isso porque o Tribunal de Contas da União (TCU) julgou improcedente a representação questionando a legalidade dos convênios  firmados entre a Prefeitura e a Sociedade Eunice Weaver. Durante meses, o deputado estadual Augusto Bezerra (DEM) – autor da denúncia – bradou na Assembleia que os convênios eram fraudulentos e coisa e tal. Seguramente, a acusação seria usada pelo DEM no horário eleitoral gratuito. Com a decisão do TCU, os marqueteiros de João Alves vão ter que procurar outro mote para fustigar a gestão municipal.

Falastrão

A condenação do deputado federal André Moura (PSC) por improbidade administrativa rendeu discurso para o vice-governador Jackson Barreto (PMDB). Este postou no twitter que não adianta “ele recorrer da decisão do Tribunal de Justiça, pois não cabe recurso na lei da Ficha Suja. André não poderá ser candidato em 2014”. Jackson também questiona: “Por onde andava o falastrão tão sabido? André Moura perdeu o prazo para registrar 66 candidatos a vereador de Japaratuba. E ainda se acha sabido!”.

Bandeiras

Se depender de bandeiras desfraldadas nos cruzamentos de Aracaju, o candidato João Ales Filho (DEM) já venceu a eleição. De longe, a campanha demista é a que tem maior exposição nas ruas da capital. Logo cedo, um grande número de “trabalhadores” acenam bandeiras azuis e verdes com o número 25. Devem ser as mesmas usadas pelo partido na campanha de Alves Filho para o governo estadual, em 2010.

Com lojistas

O candidato a prefeito de Aracaju, Valadares Filho (PSB), participa hoje do projeto “Conversando com o Lojista”, promovido pela CDL. Será às 12h, durante almoço na sede da entidade de classe, ali na rua Santa Luzia. Além de apresentar suas propostas para o comércio aracajuano, o prefeiturável vai responder perguntas dos varejistas. Na próxima semana será a vez de Almeida Lima participar do encontro com os lojistas.

Agrados

Quanto tempo faz que um político telefonou para você, parou o carrão com ar refrigerado para cumprimentá-lo, o convidou para uma festa 0800? Não lembra? Avexe-se não. A partir de agora, seu telefone vai ficar congestionado de tantas ligações amigáveis. Não fique surpreso se, ao chegar em casa, encontrar um sorridente engravatado aguardando-o para pedir seu voto. Tome cuidado com as panelas, pois essa gente costuma ‘filar’ uma ‘bóia’ para parecer muito familiar.

Novo partido

As críticas de alguns procuradores estaduais ao governo levou o deputado Francisco Gualberto (PT) a sugerir que os descontentes criem o Partido Grandioso Estadual (PGE). Segundo o petista, a atuação política de um determinado procurador é tão escancarada que ele deveria criar logo um novo partido para se posicionar a favor deste ou daquele candidato. Cruz credo!

Samuel

O Jornal da Cidade veicula hoje a seguinte nota: “O deputado estadual capitão Samuel tem sido muito questionado por estar apoiando João Alves Filho (DEM) à Prefeitura de Aracaju. Uma foto onde Samuel aparece numa carreata ao lado de João, cobrindo o rosto com a mão, está sendo muito comentada nas redes sociais”. Misericórdia!

No palanque

O candidato a prefeito Valadares Filho (PSB) contará com duas participações de peso no horário eleitoral gratuito: o ex-presidente Lula e a presidente Dilma Rousseff vão gravar mensagens de apoio ao prefeiturável. A coordenação da campanha governista também quer ver Lula em pelo menos um comício de Valadares, porém isso vai depender dos médicos do ex-presidente. Ele tem viajado muito pouco desde que iniciou o tratamento contra o câncer.

Telemarketing

Mais uma empresa de grande porte poderá vir a se instalar no território sergipano. Diretor-presidente da Almaviva do Brasil, Giulio Salomone visitou ontem o governador Marcelo Déda (PT) e revelou que a companhia italiana da área de telemarketing e informática tem a intenção de erguer uma filial em Aracaju. Na reunião, o empresário fez uma apresentação do projeto que pretende implementar, destacando benefícios como a geração de até 3,5 mil empregos.

Flanelinhas

A Câmara de Vereadores aprovou ontem Projeto de Lei proibindo a atividade dos “flanelinhas” nas ruas e praças de Aracaju. A proibição atinge as pessoas que não estejam amparadas pela lei municipal que estabelece critérios para o exercício da profissão de guardador e lavador autônomo de veículos. O blog aposta uma mariola como os “flanelinhas” vão continuar como dantes no quartel de Abrantes. Topa?

Do baú político

Essa quem contou foi o saudoso advogado, boêmio e jornalista Hugo Costa: Ex-deputado estadual, ex-vice e ex-governador de Sergipe, general Djenal Tavares de Queiroz não era homem de levar desaforo para casa. Certa feita, um cronista esportivo, conhecido em Aracaju por “Movimento”, fez duras criticas ao Olímpico Futebol Clube. O general, que era secretário da Segurança Pública, não gostou dos ataques ao seu time. Mondou chamar o cronista e o ordenou que engolisse a página do jornal, ‘sem água, sem nada’. “Movimento” era uma pessoa bem humorada e, antes de atender à ordem, argumentou: ‘General, o artigo aqui desse lado eu fiz, mas do outro lado tem a propaganda de um trator da Casa da Lavoura. Sou obrigado a engolir o trator também?’. Entrevistado depois pelo próprio Hugo, Djenal Queiroz negou que tivesse forçado o cronista a engolir a página do jornal: “Ele engoliu, mas não fui eu quem o obrigou, foram os meus amigos”.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais