Marcelo Déda: defeitos e virtudes

0

O governador reeleito, Marcelo Déda, está correto quando avalia que alguns membros da oposição estando tentando passar a impressão de que foram vitoriosos no pleito deste ano, quando na verdade sabem que tiveram uma derrota grande nas urnas em todos os níveis disputados em Sergipe. Alguns membros da oposição, com a ajuda de setores da imprensa, estão passando que a eleição foi vencida por eles por conta do resultado eleitoral em Aracaju e Socorro.

 

Derrotar um ex-governador que tem tantas obras e ações num estado, como João Alves Filho não é tarefa fácil. A primeira derrota de João para o governo, em 1998, contra Albano, deu-se no 2º turno, mesmo o tucano naquele momento tendo toda a máquina a seu favor com um grande volume de recursos da venda da então Energipe. É preciso deixar claro que Déda venceu em duas eleições seguidas, no 1º turno, uma das maiores lideranças políticas de Sergipe de todos os tempos e que foi governador por três mandatos e ministro do governo Sarney.

 

Por outro lado, Déda reconhece que é preciso uma reflexão de todo o grupo que lidera sobre os resultados das urnas em alguns municípios, especialmente Aracaju. São vários fatores envolvidos, que fogem até mesmo da alçada administrativa e estão inseridos no contexto da política global.

 

Porém, Déda precisa fazer também uma auto-análise sobre sua forma de atuação política e administrativa no dia a dia. Ele já anunciou que o segundo governo terá uma atenção especial para a inclusão social, que será a marca principal, com um foco dirigido para a área da saúde, pelas razões que todo mundo já conhece.

 

Mas Marcelo Déda Chagas, o advogado e cidadão que tem uma trajetória política invejável, precisa rever algumas de suas atitudes para que o segundo governo dê realmente certo. Quando o blog escreve sobre Déda lembra de Robespierre, grande mentor da revolução francesa que era um mero advogado e hoje está inserido na história mundial. Robespierre era um líder e um homem integro, incorruptível, mas tinha poucos amigos e não conseguiu formar em torno de si um grupo sólido para manter e aprofundar as reformas que desejava para a França. Acabou como todo mundo já sabe morto na guilhotina.

 

Durante a campanha que acabou em Sergipe, o blog recebeu várias reclamações contra Déda, principalmente de aliados e petistas históricos. Alguns reclamando das duas posturas de Déda: uma como candidato, que abraça e conversa com todo mundo nas ruas. E a outra como governador, reservado, ouvindo poucas pessoas e caminhando a passos largos nos eventos, sem olhar para as pessoas ao seu redor.

 

Déda além de grande político gosta de uma boa leitura e já deve ter lido “Pureza Fatal – Robespierri e a revolução francesa”, que mostra outro lado desta figura histórica mundial. Entre os erros cometidos pelo revolucionário francês, os atos impulsivos, a vaidade e a falta de amigos.

 

As reflexões do cidadão Marcelo Déda Chagas não devem ficar apenas no campo partidário e eleitoral se desejar sucesso no próximo governo. Tem que passar pelo campo pessoal, através de uma mudança de atitude, acabando com a sobra de arrogância e a falta de humildade que há em vários momentos.

 

Estes dois pontos, a sobra de arrogância e a falta de humildade, é que levam seus adversários e, principalmente, muitos dos neo-aliados, a terem esperança que assim como Robespierre, Déda não fará um grande governo.

 

Mas, apesar de tudo, este jornalista acredita que Déda não será sucumbido pela chamada “Pureza Fatal”, que levou Robespierre ao fim trágico. E como um cidadão de pensamentos socialistas, Déda pode, a partir de janeiro de 2011, mostrar que mudou, mesmo com um governo de coalização, fazer um governo de esquerda, aprofundando as mudanças no âmbito social e, sobretudo, erguendo a cabeça e deixando claro quem é o governador de Sergipe, referendado pela maioria dos sergipanos.

 

Por falar em humildade

E o prefeito Luciano Bispo, ao invés de fazer uma análise eleitoral, com humildade, sobre o resultado em Itabaiana, continua na ânsia desesperada de criticar o governo estadual e deixando de administrar a Prefeitura. Ontem, 06, o secretário Chiquinho Ferreira participou do programa de Eduardo Abril e lembrou que o governador Déda teve humildade suficiente para reconhecer a derrota em Aracaju, mas Luciano prefere continuar ignorando o recado do povo de Itabaiana, fruto das dezenas de obras do governo estadual na cidade.

 

Reivindicações de peso

Ao contrário que divulga alguns setores da imprensa, de que o grupo comandado por Edvan Amorim vai querer cargos no primeiro escalão, o blog recebeu a informação que a meta principal do grupo é eleger o presidente da AL e pedir ao governador que Gilmar Carvalho assuma o mandato de deputado estadual.

 

Técnico que não será candidato

O governador Marcelo Déda além de decidir que vai monitorar diariamente as ações da saúde, que o titular da pasta será um técnico cujo o primeiro requisito será não ter interesse em ser candidato a nenhum mandato. Uma excelente ideia.

 

Desconstrução de JB e Valadares

Começou a campanha orquestrada pensando em 2014 para desconstruir as imagens de Jackson Barreto e Valadares. Ficou bastante claro ontem. Valadares já avisou que após o segundo turno vai dizer o que pensa sobre o pleito deste ano. Já Jackson, pela língua que tem não ficará calado.

 

Aeronave

Estão tentando passar para a imprensa e a sociedade que a PF deixou para lá o caso da aeronave que jogou panfletos na semana passada. A aeronave foi usada no sábado e passam a impressão que a investigação é sobre o uso no domingo. As digitais falam mais alto num crime de abuso do poder econômico.

 

Prestando contas ao leitor

Em 05 de agosto, ou seja, dois meses antes da eleição, este espaço teve a coragem de publicar os possíveis eleitos para a Câmara dos Deputados e AL. Chegando a aceitar apostas e afirmando que acertaria 90% do prognóstico. E o espaço acertou quase tudo. A comparação entre o prognóstico e o resultado oficial. Pela coligação governista o espaço deu cinco eleitos:

 

Para a Câmara dos Deputados

Contrariando muita gente naquele momento este espaço afirmou que Mendonça Prado seria eleito e a coligação dele conseguiria atingir a legenda necessária. Foram várias apostas  (alguns bons vinhos importados) vencidas por este jornalista. Já a coligação governista o blog disse que em 05 de agosto tinham cinco eleitos: Rogério Carvalho (PT), Valadares Filho (PSB), André Moura (PSC), Almeida Lima (PMDB) e Heleno Silva (PRB). E as outras duas vagas estavam sendo disputadas pelos outros. Para a Câmara, tirando a vaga de Mendonça, as outras eram as chamadas “barbadas”.

 

Para a AL na coligação governista maior

Já para a coligação governista o blog também acertou o número de vagas (14) e deu os seguintes 12 eleitos:  Francisco Gualberto (PT), Adelson Barreto (PSB), Zeca da Silva (PSC),), José Franco (PDT), Conceição Vieira (PT), Maria Mendonça (PSB), Tânia Soares (PCdoB), Dra. Angélica (PSC), Jeferson Andrade (PDT), Ana Lúcia (PT) e Zezinho Guimarães (PMDB). Errou somente em Tânia Soares. E botou disputando as outras vagas na ordem, Garibalde, Susana e João Daniel. Todos eleitos.

 

AL, na coligação da oposição

Para a coligação da oposição o blog disse que seriam 5 vagas, foram 4. E publicou os quatro eleitos:  Venâncio Fonseca, Augusto Bezerra, Arnaldo Bispo e Antônio Passos. Errou em Antônio Passos. Quem ganhou foi Gorete Reis.

 

AL, na coligação PTB/PRP/PTdoB

O blog disse que seriam duas vagas que poderia cair para apenas uma. O que aconteceu. Colocou Paulinho das Varzinhas como primeiro, o que aconteceu.

 

AL, coligação PV/PSDB

O blog colocou uma vaga para Luiz Mitidieri. Errou no prognóstico porque a coligação fez o outro deputado: Gustinho Ribeiro. O blog não tinha colocado o nome dele por conta do problema na Justiça Eleitoral.

 

Coligação PSL/PTC

O blog publicou que seriam duas vagas, mas foram três por conta da alta votação do capitão Samuel, cujo nome foi destacado entre os primeiros. Mas o blog errou quando botou o nome de Mundinho da Comase (eleito) como suplente e esqueceu do nome do médico Gilson Andrade, também eleito, com base em Estância.

 

Prognóstico

Como o leitor pode avaliar o prognóstico ficou dentro de um percentual alto de acertos, numa eleição atípica onde nomes importantes tiveram desempenhos fracos. As duas principais surpresas da eleição, João Daniel e capitão Samuel estavam entre os eleitos pelo blog.

 

Análise sobre a eleição: Areia Branca I

O blog vai, pouco a pouco, entrar em contato com lideranças de alguns municípios para que tentem explicar o que aconteceu nas urnas naqueles locais. Ontem, 06, questionou o ex-prefeito Souza (PSB) sobre a derrota de Déda no município por quase 1.500 votos. Souza mostrou números sobre os candidatos dele, inclusive Déda e fez uma comparação com a votação de Valadares que obteve quase mil votos a mais no município do que o governador.

 

Análise sobre a eleição: Areia Branca II

Ele explicou que lá, o prefeito Agripino também apoiou Déda, mas lideranças dele, que votaram em Arnaldo Bispo pediram votos para João Alves. D mesma forma lideranças de Zé Franco e de Rogério Carvalho que pediam votos para Venâncio Fonseca e João Alves. Com isso toda estrutura destes aliados teve como beneficiado o ex-governador. Ele citou também que um vereador do PSB, de nome Zé Ailton também pediu votos para João Alves. Souza lembra que em 2006, Déda também perdeu em Areia Branca, mas por uma margem bem menor e não tinha nada para mostrar, como agora onde realizou várias melhorias.

 

Prorrogada intervenção

 A Justiça determinou a prorrogação do prazo de intervenção no Club Sportivo Sergipe. O dirigente rubro Ary Resende continua à frente do clube rubro por tempo indeterminado. Providências serão tomadas para adaptar o Estatuto do clube ao Novo Código Civil e, posteriormente, será instaurado o processo eleitoral no Mais Querido. A novidade será o direito de voto estendido aos sócios-torcedores.

 

Guerra Santa: Estadão demite Maria Rita Kehl

O Conselho Editorial do Jornal Estado de SP demitiu a Psicanalista e escritora Maria Rita Kehl por escrever um artigo que defendeu os avanços no Governo Lula.Este episódio demonstra de forma clara e inequívoca os limites da hipócrita “liberdade de expressão” propalada pela grande mídia empresarial brasileira.O que temos na prática é apenas a “liberdade do dono” do jornal!

 

Estância recebe Prêmio Brasil Sorridente

Na última terça-feira foi realizada em Estância a solenidade de premiação onde o município conquistou a 1ª colocação em todo o Brasil no Prêmio Brasil Sorridente, na categoria de cidade com população de 50mil a 300 mil habitantes.

 

Presidente do TCE recebe visita do ex-deputado Gilton Garcia

Na manhã de ontem, 6, o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), conselheiro Reinaldo Moura, recebeu a visita do advogado e ex-procurador da Corte de Contas, Gilton Garcia. Na oportunidade o conselheiro recebeu um exemplar do livro “AI-5 em Sergipe – 40 anos Depois – A História passada a Limpo”, lançado por Garcia há cerca de um mês.”Tenho uma amizade de muitos anos com Gilton Garcia e acompanhei toda a sua trajetória política e acadêmica”, ressaltou Reinaldo Moura, lembrando que o visitante ilustre fez parte de uma das primeiras formações da Corte de Contas. “É um participante da história deste Tribunal, onde foi procurador durante um longo período”, complementou o conselheiro.

 

Relato de Gilton Garcia

Conforme Gilton Garcia, sua passagem pelo TCE e amizade com o atual conselheiro-presidente justificam a necessidade da visita. “Estive junto com Reinaldo em muitas batalhas e me senti na obrigação de vir pessoalmente lhe entregar este livro, que retrata uma fase negra da vida brasileira”, disse.“O AI-5 extinguiu a Constituição, retirou os direitos políticos de centenas de brasileiros, extinguiu a figura do habeas corpus e eximiu a justiça de apreciar qualquer ato revolucionário. Isso era um poder discricionário que à época prejudicou muitos brasileiros”, concluiu Gilton, que também foi presenteado pelo conselheiro com um kit alusivo aos 40 anos do TCE.

 

Projeto de Segurança integra Planejamento Estratégico do TJSE

Com o objetivo de garantir a segurança necessária à plena realização da atividade jurisdicional, bem como resguardar as atividades administrativas do Judiciário sergipano, a Diretoria de Segurança do TJSE desenvolve o Plano Anual de Segurança. Uma das prioridades do projeto é implantar um eficiente sistema de segurança eletrônica em todos os prédios que compõem o Poder Judiciário em Sergipe. De acordo com o diretor de segurança e gestor do projeto, Júlio Flávio Leite Prado, o projeto visa também dispor o TJSE de detectores de metal em todas as suas unidades jurisdicionais. “Essa meta está cumprida e a partir deste mês, a empresa vencedora da licitação estará disponibilizando os detectores de metal portáteis (tipo raquete) para todos os fóruns”, comemorou.

 

Planos para o futuro

Atualmente, a segurança dos 78 postos de vigilância do Poder Judiciário, distribuídos em todo o Estado, é realizada por 105 policiais e bombeiros militares, 150 seguranças privados e por vigilantes requisitados das prefeituras para atuar nas comarcas do interior. “A intenção é num futuro próximo aumentar mais 31 postos de vigilância”, comentou o diretor. Para atender a prioridade da implantação de um sistema eficiente de segurança eletrônica, o projeto acabou de confeccionar o termo de referência técnica para aquisição de um sistema de integração do circuito fechado de TV – CFTV como o de monitoramento de alarme. “O próximo passo é colocar a licitação na rua e implantar o sistema o mais rápido possível”, destacou o gestor.

 

Sondagem Industrial de Agosto

De acordo com os resultados obtidos na Sondagem Industrial de Agosto de 2010, o volume da produção das indústrias em Sergipe teve um aumento considerável de quase 4 pontos em relação ao mês anterior, ficando em 56,1 pontos (valores acima de 50 pontos indicam aumento da produção da indústria), tendo o maior crescimento ocorrido nas empresas de médio e grande porte, que atingiram 57,8 pontos. O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (UCI), por sua vez, embora tenha apresentado melhora em relação ao mês anterior, que registrou 47,6 pontos, ainda está abaixo da linha divisória dos 50 pontos. Nas pequenas empresas esse indicador foi positivo, tendo sido registrados 52,5 pontos, apenas 0,2 ponto a menos que o mês anterior. 

 

Posse do Subdefensor Público Geral acontece dia 07 na OAB/SE

Escolhido a partir de uma lista tríplice, o Defensor Público, Jesus Jairo Almeida de Lacerda, será empossado no cargo de Subdefensor Público Geral no dia 07 (quinta-feira) às 15h00min, na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Secção Sergipe, localizada na Praça do Mini Golf.

 

Trio no Senado

A partir do próximo ano, três personagens dos episódios vividos em 1992 estarão em exercício do mandato de Senador da República. São eles o ex-presidente Fernando Collor, afastado do cargo por corrupção, Lindberg Farias, um dos principais líderes do movimento dos caras-pintadas e finalmente Itamar Franco, que era o vice de Collor e assumiu a presidência até 1994, quando ocorreu a eleição de FHC. Eles serão representantes, respectivamente, dos estados de Alagoas, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

 

Reformulação

Objetivando melhor desempenho, no segundo turno, os candidatos Serra e Dilma estão reformulando suas estratégias. Ambos buscam atrair o apoio de Marina da Silva. O PV decidirá qual dos dois apoiará em Convenção Nacional, que contará com cerca de 90 participantes.

 

Secretário desmente o Jornal  “Correio de Sergipe”

O secretário especial da Articulação Política e das Relações Institucionais, Francisco dos Santos afirmou ontem, dia 6, que não concedeu entrevista ao Jornal “Correio de Sergipe”, quepublicou na edição desta terça matéria com manchete de primeira

página, com o título “Secretário reconhece falhas na área de saúde de Aracaju”. O secretário lamentou o ocorrido e informou que o jornal descaracterizou intencionalmente uma entrevista concedida por ele a uma emissora de rádio de Aracaju, usando-a de forma maldosa com o objetivo de criar um fato político em função da derrota do candidato a governador e proprietário do Jornal, João Alves Filho.

 

Mentira publicada

Esta tarde, em entrevista concedida ao programa “Batalha na TV”, da TV Cidade, o secretário Francisco dos Santos entrou no mérito da questão da mentira publicada no “Correio de Sergipe”, ao salientar que a sua afirmação se caracteriza no ponto de que o povo tinha enviado um recado através das urnas, mas que não tinha responsabilizado a Saúde do município como responsável pela derrota do governador em Aracaju. O secretário disse que o projeto de saúde que o governo do Estado tem para os sergipanos é um dos melhores do país e que já está sendo copiado por outros Estados.

 

Prioridade ao setor

Disse também que o governador quando afirma que será o segundo gestor da saúde, não está dizendo que a Saúde foi o principal fator negativo da sua campanha. “Pelo contrario, o governador quer dar uma prioridade ao setor e vai acompanhar de  perto as ações. Marcelo Déda sabe que o projeto da saúde é muito amplo precisa de tempo para ser concluído e neste sentido, ele disse aos sergipanos que precisava de mais tempo no governo para concluí-lo de modo a atender convenientemente a população sergipana”, enfatizou Francisco dos Santos.

 

Vitória brilhante

Sobre a frase usada pelo governador Marcelo Déda de que a derrota em Aracaju acedeu um sinal de alerta, o secretário Francisco dos Santos esclareceu que o governador foi muito honesto em sua afirmação, pelo fato de compreender que o grupo político que lhe sustentação política – PT, PCdoB e o PSB – desde 2002 nunca perdeu uma eleição em Aracaju e o político Marcelo Deda isoladamente, sempre se saiu bem nas urnas de Aracaju. “O que devemos considerar é que tivemos uma vitória brilhante nestas eleições. Elegemos o governador no primeiro, turno, dois senadores, sete deputados federais, fato inédito na historia política de Sergipe e 20 deputados estaduais. Avanços muito, enquanto o DEM perdeu cadeiras tanto na Câmara Federal como na Estadual, finalizou Francisco dos Santos.

 

Paróquia de Santa Teresa realiza festa da padroeira

A Paróquia de Santa Teresa, no conjunto do mesmo nome, na região do Aeroporto, comemora no dia 15 de outubro, a festa da sua padroeira, Santa Teresa D’avila. Uma vasta programação foi elaborada pelo pároco Anderlan Fernandes e os diversos grupos religiosos da comunidade, para festejar a grande data. A festa de Santa Teresa D’Ávila, terá como tema: “Na Eucaristia, um íntimo diálogo de Amor”.  Cada noite haverá missa com um tema especifico. As festividades começam na noite do próximo sábado, dia 9 de outubro, com a realização da “Quermesse-Show”, com a realização de várias atividades e sorteio de brindes.  A programação religiosa terá inicio no dia 10 de outubro, com a “Noite dos Jovens, Crismandos, Acólitos e Coroinhas”. Às 18h30 haverá  adoração ao Santíssimo e logo após, Santa Missa. Tema: “Na Eucaristia, a presença real de Cristo”, tendo como celebrante o Padre Adeilson Carlos.

 

Encontro em Brasília

A Federação das Associações de Aposentados do Banco do Brasil realizará encontro nacional, em Brasília, no próximo dia 17, domingo, para discutir o posicionamento da entidade face à negociação, ora em curso, com o BB e a PREVI, sobre o superávit do fundo de pensão. A AFABB de Sergipe terá como representante no referido conclave o Vice-Financeiro, George Ferreira.

 

Advocacia pública

 Ao receber em audiência comissão de procuradores federais, o presidente da OAB nacional, Ophir Cavalcante, afirmou, veementemente, que “a Ordem dos Advogados do Brasil não permitirá que advocacia pública vire advocacia do Governo.” O presidente do Conselho Federal da OAB reafirmou sua luta em defesa de uma advocacia pública voltada para os legítimos interesses da sociedade brasileira.

 

Votações na Câmara

Os líderes dos diversos partidos resolveram que as votações na Câmara Federal só serão retomadas após o segundo turno das eleições presidenciais.

 

Seleção brasileira

 A nova seleção brasileira faz, hoje, em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos, seu primeiro amistoso, sob o comando de Mano Menezes. A principal cidade do país árabe é Dubai, que tem 1 milhão e 500 mil habitantes. A população dos Emirados Árabes Unidos é de 5 milhões de habitantes. O fuso horário representa 7 horas a mais que o Brasil. O amistoso de hoje será à noite, lá, e à tarde, aqui. O PIB daquele país do Oriente Médio é de 200 bilhões de dólares (estimado). O último oficialmente divulgado foi em 2005, pouco mais de 100 bilhões da moeda americana. Voltando ao amistoso internacional de hoje, o adversário do Brasil será o Irã.

 

Projeto MPB Petrobras apresenta Leila Pinheiro em Aracaju

 No feriado da próxima terça-feira (12), Aracaju recebe o talento da cantora Leila Pinheiro, que se apresenta no palco do Teatro Tobias Barreto, a partir das 21 h. O Projeto MPB Petrobras traz mais um grande espetáculo para Sergipe e reafirma a oportunidade de conferir uma programação cultural de qualidade a preços indiscutivelmente populares (R$ 20,00 / R$ 10,00). A cantora e instrumentalista Leila Pinheiro, ao lado do seu piano, visita um repertório variado de canções dos seus trabalhos mais recentes e um passeio por outras que a artista escolheu para cantar. No show de abertura, o cantor Naná Escalabre, líder da banda Alapada. Os ingressos do MPB Petrobras para os dois dias de shows (12 e 13/10) podem ser adquiridos na bilheteria do teatro.

 

DO LEITOR

 

O Chororô

E-mal de Luiz Alberto de Argôlo: “Bom dia, estão criando um clima de tal maneira que mais parece que Marcelo Déda perdeu a eleição, pois no rádio existe gente dos dois lados dizendo perdeu em Aracaju e Socorro, quando na verdade o Governador obteve os mesmos 52% da eleição de 2006, e se tivesse outra agora sairia vencedor do mesmo jeito,  o discurso tem que ser um só, vencemos a eleição, mais se a defesa falhou e recebeu dois gols ( Aracaju  e Socorro), precisamos apenas corrigir o posicionamento, mais os três pontos foram garantidos. Quem não lembra que em 1969 a seleção brasileira jogou aqui no batistão e aplicou uma goleada de 8×2, no entanto no outro dia o comentário era que os sergipanos fizeram dois gols, e até hoje se perguntado nas ruas quem fez os gols naquele dia ninguém sabe os da seleção brasileira, mais os da seleção sergipana, todos abrem a boca e dizem VEVÉ E FERNANDO. Diante disso vamos enaltecer a vitória, e corrigir os erros, mais de maneira nenhuma enaltecer o contrário”.

 

Uma Breve analise das Eleições em Itaporanga

De um servidor municipal: “De um lado o grupo que apoiava o candidato a Deputado Estadual Vitor Mandarino liderado pelo atual prefeito Cesar Mandarino e do outro o grupo liderado pela ex-prefeita e candidata a Deputada Estadual Gracinha, dois grupo fortes no município que ao abrir das urnas demonstrou mais força o grupo da ex-prefeita, pois a mesma provou que esta mais viva que nunca colocando uma boa vantagem de votos a frente do irmão do prefeito, tanta a ex-prefeita como os candidatos apoiados por ela saíram na frente nas urnas do município, a mesma percorria todo o estado com uma campanha franciscana e é conhecida no município por ter feito um governo voltado para o assistencialismo e a administração do então senhor Cesar Mandarino passa por baixa popularidade um governo que falta tudo e varias vezes foi alvo negativo na impressa e o irmão do prefeito o candidato Vitor Mandarino é aquele mesmo que presídio a DESO e com certeza respingou negativamente em sua campanha eleitoral. Itaporanga perde a oportunidade de ter na Assembléia um representante e se essas eleições serviram como termômetro pra 2012 o senhor prefeito necessita urgente trabalhar e muito pra reverter esse quadro negativo que foi pra seu grupo político, ser derrotado pelo grupo da ex-prefeita em Itaporanga D´ Ajuda, Pois é nas urnas onde a sociedade da o troco”.

 

Criticas a Samarone

E-mail recebido: “Ontem na solenidade de entrega de prêmio do Brasil Sorridente ouvi o discurso de Samarone e fiquei muito incomodado com a fala de que Aracaju não tem/tinha programa de Prevenção.Admira-me que ele desde que assumiu ainda não conheça a secretária de saúde. É sabido que a SMS tem programas de prevenção e promoção da saúde, entre eles, vários premiados e citados positivamente pelo Ministério da Saúde, tais como:Academia da Cidade; Programa Municipal de DST/Aids que por vários anos foi referencia na execução sendo o 1º do nordeste e o segundo do país; Câncer de colo; Dengue;- Programa Mamãe Coruja que desde 2005 vem humanizando o pré-natal em Aracaju”.

 

ARTIGO

 

Sobre o Artigo de Fernando Henrique Cardoso

 

E-mail de um leito: O FHC tem capacidade para escrever sobre vários temas, como também sobre seus oito anos de Governo!

 

Mas os dados que ele apresenta não representam a realidade – e nós sabemos  – pois as pensões e aposentadorias ficaram congeladas por, pelo menos, quatro anos no governo dele. E mais. Jamais o salário mínimo nos oito anos de FHC chegou a USD 100.00 (cem dólares). Atualmente é de mais de 300 (trezentos dólares). Eu acho muito pouco. Mas FHC não tem o direito de fazer comparações em relação ao poder de compra ou miserabilidade do povo achando que o povo brasileiro é burro e esquecido.

 

Quanto às privatizações não concordo com tudo que ele escreveu. Se ele não tivesse vendido a Vale (do Rio Doce) por 800 milhões – ele se precipitou; nem tentou recuperá-la – e hoje a mesma empresa está cotada no mercado internacional por mais de 16 bilhões de dólares (em menos de 10 anos é a segunda maior mineradora do mundo!). Quanto a Petrobrás e Embraer concordo em ele ter aberto o capital. Aliás, deveria ter feito isso com Vale e a Telebrás também. Mas decidiu vender a Vale para um amigo empresário e a Telebrás dividiu em duas fatias. Uma vendeu para o grupo Telefônica e outra para o genro do Tarso Jereissati, compadre dele que foi derrotado por Ciro Gomes nestas eleições no Ceará e anunciou que deixará a política.

 

Outra mentira é dizer que todo mundo hoje tem acesso ao telefone. Ora, para quem pode pagar até sobrepreço, pois as tarifas são trinta vezes maiores que no Japão, 14 vezes maior que na América Latina, 11 vezes maior que os Estados Unidos e temos apenas quatro operadoras – a idéia dele era acabar com o monopólio do Governo – e acabou criando um “cartel” entre elas, pois se você visitar o site da Oi, Claro, Tim e Vivo verá que um plano de 1Mbps em qualquer uma das quatro custa exatamente o mesmo preço: R$ 119,00 (USD 73.00) quando no Japão já se navega a velocidades 100 vezes maiores que esta por menos de 30 dólares.

 

E pior: o governo Lula nada pode fazer porque os contratos dessas empresas telefônicas foram “leoninos” com prazos generosos e exclusivistas. Se o Lula “rasga” o contrato chamam ele de ditador, se não rasga é porque o filho está trabalhando para a OI que, incrivelmente, pertence ao maior inimigo do Lula no Ceará. Dá pra entender? Por que ele não falou do episódio envolvendo o genro e a filha dele, que culminou com a falência de dezenas de bancos. Por que ele não explicou os motivos que o levou a sacar 8 bilhões de dólares do tesouro nacional brasileiro e entregar a “fundo perdido” a meia-dúzia de banqueiros (Bancos Econômico, Rural, Bamerindus, etc.) que acabaram fechando as portas e ficado com o dinheiro do povo? E essa “estória” bonita agora de que reestruturou a Caixa e o Banco do Brasil? Ele é louco? Se os funcionários não fossem às ruas e o sindicato dos bancários não fosse tão forte, ele também teria vendido as duas instituições. Aliás o mesmo ocorreu com os Correios, BNDES, BNB e a própria Petrobras. Mesmo assim, os planos de demissão voluntária nessas empresas foi tão intenso que nunca houve tanto concurso público no Brasil como nos últimos oito anos. E não é por bondade do Lula não, é por necessidade, pois a população e a renda do brasileiro está crescendo, entende? 

 

Quanto a obras, isso o FHC nem deveria falar, porque se Lula não fez tanto, ele nada fez. Para ter uma idéia bem clara, vamos nos referir a duplicação da BR-101.

 

Os trabalhos foram iniciados no governo Itamar Franco – que sucedeu Collor – e pararam completamente nos oito anos de FHC. Até um viaduto na entrada de Aracaju quase vira um “elefante branco”, pois somente no governo Lula os trabalhos recomeçaram e atualmente restam pequenos trechos de Sergipe ao Ceará sem duplicação.

 

De Recife a Belo Jardim (PE) está tudo duplicado; De João Pessoa a Campina Grande (PB) também; são centenas por todo o país. Até obras nos governos de adversários históricos, como João Alves Filho (DEM-SE), Yeda Crusis (PSDB-RS) e do próprio José Serra e do atual prefeito de São Paulo, Kassab (DEM-SP) saíram do papel e já foram inauguradas.

 

Se o Lula um dia disser “O Brasil sou Eu” estará falando uma grande bobagem. Assim como é idiotice do Fernando Henrique querer adivinhar o que Lula está pensando. Ora, ele reclama no texto que teve que pedir socorro ao FMI por causa dos temores do mercado em relação a Lula e agora está irritado porque o Lula está agradando aos seus “velhos amigos”? Que sociólogo mais invejoso e preconceituoso!

 

Vem aí o segundo turno das eleições e vamos ver se os golpes do Serra serão na cara da adversária, ou seja, uma disputa limpa, como prega FHC no texto, porque na prática não foi o que aconteceu no primeiro turno.A equipe da campanha do Serra jogou sujo, inventou coisas graves, como “pacto da Dilma com o Diabo”, “que ela era a favor do aborto”, “que foi assaltante e seqüestradora” e outras coisas. Que a pessoa não seja simpática a candidatura e deixe de votar nela, eu concordo.  Mas usar a internet, como jamais foi usada, e até a Oi Fixo – uma concessão pública – para no dia anterior as eleições fazer tocar o telefone de sua casa com uma gravação do Serra: “Oi, aqui é José Serra, estou ligando pessoalmente para sua casa para pedir seu voto e de sua família…”.

 

Milhões de brasileiros, do Rio de Janeiro ao Maranhão, ouviram essa gravação, ficaram se perguntando se isso não era crime eleitoral. Ora, isso é abuso de poder econômico e desrespeito a legislação eleitoral. Como preceitua a Lei, nas 72 horas que antecedem a votação, deve imperar o silêncio eleitoral, pois é um tempo para que todos reflitam sobre os programas e os debates que assistiram. Tem que deixar o povo escolher à vontade, sem pressões. Se vencer o Serra ou a Dilma, tanto faz. Mas que tanto um como o outro seja respeitado. Esse jogo sujo é perigoso e não é bom para qualquer democracia. Como o próprio FHC dizia quando era presidente, “assim não pode, assim não dá!”.

 

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun

 

Frase do Dia

“O grande homem nunca se sujeita às variações de ânimo. Uma boa lição de prudência é refletir sobre si mesmo e conhecer sua verdadeira disposição para prevenir-se. Às vezes é preciso considerar o outro extremo para encontrar o equilíbrio entre a natureza e a arte. Conhecer-se é o primeiro passo para corrigir-se. Existem monstros de impertinência em nosso humor, e os afetos variam segundo eles: eternamente arrastados por esse desequilíbrio vulgar, comportam-se de forma contraditória. Esse excessos não só corrompem a vontade, mas prejudicam o julgamento e a compreensão”. Baltasar Gracián.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários