Radicalismo de Lula vai Prejudicá-lo

0

A prece dos petistas mais inveterados – a de ver Lula Livre – concretizou-se há pelo menos oito dias atrás, logo depois do voto do Ministro do STF, Dias Toffoli, contrário à prisão em segunda instância. Para quem dizia que só sairia da cadeia em Curitiba se obtivesse a certidão de total inocência das acusações de vários roubos quando da passagem do governo, foi uma mudança de comportamento sensacional: ele não esperou um segundo a mais quando lhe foi comunicado que estava inteiramente livre para ir para casa, mesmo sem o atestado de inocência completa como queria. Tão logo saiu da cadeia encontrou o apoio dos mais importantes petistas e proferiu discurso que deixou a todos surpresos e desencantados: é que ele atacou os militares do Exército, o Presidente Jair Bolsonaro a quem parece não lhe perdoar por ter aparecido na sua frente para assumir a Presidência da República. Sobrou grosserias também para a Polícia Federal além de afirmar, em bom som que a Presidência da República lhe foi usurpada por “um incompetente”. Os petistas de coturno pesado ouviram o discurso sem manifestar um gesto de apoio. Só faltaram dizer que não apoiam os ada disso. Depois Lula recolheu-se em seu aconchego em São Bernardo do Campos, no interior de São Paulo. Para quem esteve tanto tempo afastado da cena política, o seu nome desapareceu logo do noticiário. Houve alguma coisa? Houve sim…

A chamada grande imprensa capitaneou uma espécie de boicote enquanto ele não parasse de ser tão exagerado nos seus discursos. Era preciso ter mais moderação em suas palavras. Era preciso ter menos ódio na sua oratória e sua fala ser mais propositiva. Lula certamente não concordaria com esse tipo de censura, que o “afastaria do seu povo”. Na verdade a chamada grande Imprensa não queria ser responsável pela promoção de um Lula que falava mais movido pelo álcool do que pelo cérebro. Resultado pela pendenga: Lula está praticamente isolado no seu canto e a grande Imprensa o trata como um político descartável. Ao final de uma semana de lula Livre, Lula está cada vez mais preso ao seu radicalizado discurso, enquanto o PT sonha em trazê-lo para o primeiro plano dessa história toda…

Onde vai fixar residência

Lula teria manifestado seu desejo de fixar residência no Nordeste brasileiro, de preferência nas capitais do Rio Grande do Norte, Recife ou Salvador. Não definiu nada ainda – ou talvez vá esperar por melhores acolhidas daqueles Estados. Até Recife, Capital do seu Estado Natal, Pernambuco, também o andou rejeitando. Mas digamos assim, as primeiras reações a essas intenções foram pouco saudáveis…

A loteria fica mais cara

O Ministério da Economia autorizou a Caixa Econômica Federal a reajustar, a partir de primeiro de janeiro de 2020, , os preços das loterias. A aposta simples da Mega Sena, com seis dezenas marcadas, que hoje em dia custa R$ 2,49 vai passar para R$ 4,50.Já a Loto Fácil vai passar de R$ 2 para R$ 2,50 o valor da aposta da Quina, por sua vez, passará de R$ 1,50 para R$ 2,30. De acordo com a portaria publicada no Diário Oficial da União, a cobrança dos novos preços só poderá ser feita depois de uma divulgação ostensiva nos veículos de comunicação do País e também pela internet com antecedência mínima de 30 dias úteis da data de início da cobrança.

O Novo Rico Da Cidade

Não me recordo do dia em que a Prefeitura de Aracaju esteve com tanto dinheiro em caixa para investir em obras públicas. São 300 milhões de reais já depositados pelo BID nas contas da Prefeitura para que o Prefeito Edvaldo Nogueira possa realizar as obras que lhe convier. 300 milhões é um bocado do dinheiro que pode ser usado à vontade. Como certamente essa fabula de grana vai entrar por 2020, pode-se dizer, sem medo de errar, que o prefeito Edvaldo não teria melhor apoiador de sua candidatura à reeleição do que essa, não é mesmo? São 300 milhões de grana viva, fofa, para aplicar onde quiser. Já se sabe de antemão vai construir uma nova avenida cortando Aracaju para aliviar o trânsito da zona sul. Vamos aguardar o detalhamento de todas estas obras.

 

 

Comentários