Corpo de sergipana vítima de acidente em Madri será sepultado em SE

0
Alexsandra morava em Madri há dois anos (Foto: Reprodução Rede Social)

O corpo da sergipana Alexsandra dos Santos, 44 anos, que faleceu na cidade de Madri, na Espanha, no dia 13 de setembro, vítima de um acidente de moto, será sepultado em Aracaju. A família informou que, através de campanha nas redes sociais, conseguiu os recursos para pagar o translado do corpo até a capital sergipana.

Alexsandra morava há dois anos em Madri e no dia 12 de setembro estava na garupa de uma moto quando sofreu um acidente e acabou falecendo no dia 13. Desde então, a família lutava para conseguir recursos para trazer o corpo dela para o Brasil.

“A funerária queria dar apenas uma semana para que a gente providenciasse tudo, mas não tem condições porque ela está em outro país. Colocamos um advogado, recorremos e foi concedido um prazo maior, pois além da documentação, tem também o dinheiro. O valor do translado ficou em R$ 55 mil”, conta Geicy Santos, sobrinha de Alexsandra.

A família da sergipana iniciou uma campanha nas redes sociais no Brasil e em Madri para arrecadar dinheiro e pagar o translado do corpo. “Recebemos muitas doações e até nos surpreendemos. As pessoas são muito solidárias, além de doar, ligam e mandam mensagem para nos confortar. Contabilizamos hoje as doações aqui do Brasil e minha tia contabilizou a de Madri, inclusive, aconteceu uma feijoada beneficente no domingo e tudo foi vendido. Felizmente, conseguimos o dinheiro”, comemora.

Geicy explica que o corpo da tia já foi liberado, documentação providenciada e o que falta apenas é o pagamento, mas ainda não sabem quando o corpo deve chegar a Sergipe. “Minha tia que mora lá disse que a funerária está aguardando apenas o dinheiro para fazer o translado do corpo. O que nós queremos é poder trazer o corpo de minha tia para ser sepultado aqui em Aracaju, cidade onde ela nasceu, e não deixar que ela seja enterrada como indigente num país estranho”, enfatiza.

Por Karla Pinheiro

Comentários