Sindicato do setor têxtil se reúne dia 15

0

O presidente do sindicato dos trabalhadores têxtil (Foto: Arquivo Portal Infonet)
Cerca de 3500 trabalhadores do setor têxtil estão reivindicando reajuste. De acordo com o sindicato da categoria a pauta inclui 10% de aumento, salário de R$ 600, cesta básica no valor de R$150, além de estabilidade do trabalhador.

O presidente Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Têxtil, Gizeldo Santos, afirma que vem negociando com a classe patronal, mas não tem obtido êxito. Gizeldo explica que os trabalhadores acumulam 100% de perdas.

“O que os patrões estão oferecendo é um reajuste de 4% e para recuperar as nossas perdas seria necessário um salário de R$1200, enquanto o nosso salário hoje é de R$530”, afirma o sindicalista, que esclarece que a classe pode entrar em greve.

“Teremos uma reunião com a classe patronal na próxima quarta-feira [15] e se não tiver um acordo podemos entrar em greve na sexta-feira [17]”, alerta o sindicalista, deixando claro que as indústrias têxtil estão faturando alto e se recusam a repassar os lucros para a categoria.

O Portal Infonet tentou contato telefônico com o sindicato dos patrões, mas não obtivemos êxito.

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais