Comerciantes despedem-se do Pré-caju

0

Após quatro dias de folia, chegou a hora dos barraqueiros recolherem o estoque que restou e guardar a estrutura para os próximos eventos. Para alguns, a despedida foi decepcionante com lucros abaixo do esperado. Já outros dão tchau ao Pré-caju sorridentes e com as mãos cheias de dinheiro.

Seu Zezinho, por exemplo, esperava mais da festa. Foi a décima participação dele como comerciante na prévia carnavalesca e afirma que a quantidade de pessoas nesse ano não se refletiu no consumo. “Tinha bastante gente, mas já teve anos melhores para os barraqueiros. Acho que a quantidade de festas nesse mês fez o povo segurar o bolso”, comenta.

Já dona Marileuza Santana volta feliz da vida para sua cidade, Nossa Senhora do Socorro. Ela conseguiu alugar todas as mesas de sua barraca nos dias de festa a R$ 150 cada e serviu bastante quitute. “A carne do churrasquinho acabou quase toda. Sobrou bebida, mas aí vende em outra festa”, conta.

A estrutura dos camarotes também já está sendo desmontada. Nas primeiras horas da manhã de segunda, 26, agentes de limpeza já organizavam a avenida Beira Mar. Todo o equipamento utilizado no Pré-caju deverá ser retirado do local até o final de semana.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais