Marcelo Deda recebe diretoria do Sebrae

0

Encontro aconteceu no gabinete do governador Marcelo Déda/Foto: Alfredo Moreira – Ascom Sebrae

Reforçar parcerias e oferecer novas ferramentas de apoio as micro e pequenas foi um dos principais temas do encontro do Governador Marcelo Deda com a diretoria Executiva e Presidência do Conselho Deliberativo do Sebrae em Sergipe.

O encontro aconteceu nesta quinta-feira, 22, no gabinete do Governador e contou com a presença do presidente Sadi Gitz, do superintendente Emanoel Silveira Sobral, do diretor técnico, Gilson Figueiredo, do diretor administrativo financeiro, Marcelo  Farias Barreto e dos Secretários Jorge Santana e Oliveira Junior.

Marcelo Deda agradeceu a visita, destacou o importante papel que o Sebrae exerce como executor de uma política de apoio as pequenas empresas e afirmou que estará somando forças para criar um cenário cada vez mais favorável ao desenvolvimento das pequenas empresas.

Segundo Sadi, o Sebrae em Sergipe vive hoje uma nova fase, reforçando parcerias e somando esforços em torno da missão de promover e consolidar a força empreendedora dos pequenos negócios, contribuindo para o desenvolvimento econômico e social de Sergipe.  “O Estado é um importante parceiro e o Sebrae tem que estar sempre em consonância com a política de desenvolvimento definida pelo Estado”, reforçou o presidente.

Já Emanoel Sobral, informou que o encontro com o governador foi uma visita de cortesia, mas serviu para tratar assuntos importantes e que em curto prazo estarão se revertendo em ações concretas em favor dos pequenos negócios. O superintendente do Sebrae aproveitou para agradecer parcerias como na realização da Feira de Sergipe 2009, sucesso de público na Orla da Atalaia.

“O Sebrae está de portas abertas e temos certeza que a partir desse encontro com Marcelo Deda muitas ações serão alavancadas e quem sai ganhando é o microempresário e o futuro empreendedor que precisa de todo o apoio para começar um negócio ou ampliar seu empreendimento. A nossa disposição é de participar ativamente contribuindo com o plano de desenvolvimento econômico de Sergipe, que define ações de desenvolvimento tecnológico, estímulo as cadeias produtivas, aos arranjos produtivos locais e ao aquecimento das exportações”, afirmou o superintendente.

 


 

Comentários