Estanciano vira e bate Sergipe por 2 a 1 no Batistão

0
(Fotos: Igor Matheus/ Portal Infonet)

Poderia ter sido um dia de consagração para o Sergipe. Mas foi, até agora, o pior momento do time alvirrubro dentro do Hexagonal. Neste domingo, 24, o Colorado recebeu o Estanciano no estádio Lourival Baptista pela oitava rodada, abriu o placar mas não se segurou: sofreu o empate, levou a virada e saiu batido por 2 a 1 pelo Canarinho. Foi a primeira derrota do alvirrubro no hexagonal – e a primeira vitória do time de  Estância.

Com o resultado, o Sergipe continua na vice-liderança da tabela geral com 15 pontos, mas desta vez a três pontos do líder Itabaiana, que venceu o Confiança. Já o Estanciano segue na lanterna com quatro pontos. Na próxima rodada, na quarta, 27, o Sergipe pegará o Confiança em um clássico que promete. No mesmo dia, o Canarinho visitará o Dorense no Ariston Azevedo.

Hiago comemora: Sergipe 1 a 0

O jogo
Mandante, diante da torcida alvirrubra – que era a única do estádio – e vice-líder, o Sergipe começou com mais posse de bola e mais iniciativa. Mas as primeiras chances reais de gol foram do Estanciano. Aos 11, após escanteio, Jadson cabeceou com perigo no ângulo esquerdo – um prenúncio do que faria mais tarde. O Sergipe só foi responder aos 17, quando Paulista recebeu na entrada da área e mandou por cima do gol.

Aos 27, Jr. Mandacaru recebeu na área e chutou cruzado com grande perigo. E no lance seguinte, a grande chance do Estanciano no primeiro tempo: Mandacaru recebeu na entrada da pequena área e chutou à queima roupa em cima de Rafael Córdova, que, bem posicionado, bloqueou.

Jadson vibra: 1 a 1

No começo do segundo tempo, um susto: Rodrigues recebeu cotovelada de Lucão e caiu desacordado em campo. Após alguns minutos, o jogador se restabeleceu e não precisou ser substituído. E quando a  bola rolou, só deu Sergipe: aos 11, Lucas chutou forte e obrigou Jeferson a espalmar pra fora. Aos 13, foi a vez de Calysson fazer o mesmo; e aos 18, Lucas, novamente, chutou rasteiro à esquerda e aumentou a ansiedade da torcida rubra.

O prêmio pela pressão intensa do Sergipe na área do Canarinho só saiu aos 24. Hiago, que havia acabado de entrar, pegou a bola na entrada da área e mandou um balaço colocado que pegou Jeferson desprevenido: Sergipe 1 a 0. Cinco minutos depois, o Estanciano empatou: após cobrança de falta do lado esquerdo, Jadson subiu mais que todos e testou no canto esquerdo das redes – 1 a 1.

Córdova no ataque: desespero

Quando o Sergipe ainda tentava remediar o empate repentino, o Estanciano disparou, se aproveitou do fraco sistema defensivo do Colorado e guardou mais um. Aos 35, Mandacaru trocou passes com Warlei e depois bateu de primeira e rasteiro no canto esquerdo para decretar a virada: 2 a 1. E apesar dos inacreditáveis sete minutos de acréscimo dados pelo árbitro – e pelo esforço do goleiro Córdova, que foi pra área do Estanciano cabecear – , nenhuma outra rede balançou até o apito final.

FICHA TÉCNICA
Sergipe 1 x 2 Estanciano
Gols: Hiago (24’ 2t), Jadson (29’ 2t), Jr. Mandacaru (35’ 2t)

SERGIPE
Rafael Córdova, Glawber, Carlos Alexandre, Wallace, Lucas (Jailson), Ayrton, Calysson, Brendon, Lucão (Hiago), Rafael Vila, Paulista (Geovani Rosa)

ESTANCIANO
Jeferson, Daniel, Rodrigues, Jadson, Elton, David (Fabiano), Gil Paraíba, Marcos Mendes, Jr. Mandacaru, Gabriel (Warlei), Da Silva (Koffi)

Cartões amarelos: Lucão, Daniel, Jadson, Fabiano, Da Silva, Koffi
Renda: R$ 36.028
Público pagante: 1788
Público total: 1942

Por Igor Matheus

Comentários