Lideranças da Rede em SE oficializam filiação ao PPS

0
Ato simbólico de filiação dos integrantes da Rede ao PPS (Foto: divulgação)

Lideranças da Rede Sustentabilidade (Rede) em Sergipe oficializaram na noite desta quarta-feira,19, a filiação ao Partido Popular Socialista (PPS). A mudança ocorreu porque a Rede não atingiu a cláusula de barreira e estava sujeita a sofrer severas restrições a partir de 2019, reduzindo expressivamente sua capacidade de atuação. O ato simbólico de filiação ocorreu no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas.

O presidente estadual da Rede, Dr. Emerson, explicou que a fusão dos dois partidos traz uma perspectiva de renovação política. “É um novo passo na construção de uma perspectiva de alternativa com política feita em sua verdadeira concepção e um partido baseado em programas de Governo, propostas e independência na relação entre Legislativo e Executivo, trazendo a renovação como grande marca”, comenta.

Um dos novos filiados ao PPS é o senador eleito Alessandro Vieira, que destacou que a união entre o partido e a Rede representa um novo passo na construção de uma alternativa democrática para Sergipe e o Brasil. “O PPS está recebendo de braços abertos os integrantes do movimento de renovação e da Rede. É uma junção de forças e agora em janeiro, esse partido vai realizar um Congresso Extraordinário para mudança de nome e atualização de estatuto.

Na visão do deputado estadual Georgeo Passos (Rede), a migração para o PPS, apesar de exigir cuidados, deve ocorrer de maneira tranquila. “Esta é uma decisão coletiva. Entendemos que o PPS tem uma história com nosso país e parlamentares que dignificaram a política do Brasil. Estamos em uma casa nova, é preciso cuidado verificar quem está e quem vai ficar, mas o grupo da Rede é positivo, de pessoas comprometidas e isso faz com que essa mudança aconteça sem muitos solavancos”, opina.

“A gente precisa continuar sendo uma via onde a população possa enxergar pessoas que estejam comprometidas e lutando por elas. Então, teve que ocorrer essa fusão para que a gente precise comece do zero. E se for necessário a fusão para que a gente recomece com novas diretrizes, que assim seja”, avalia Kitty Lima, que também era da Rede.

O ato contou com a presença de integrantes da Executiva Nacional do PPS e políticos eleitos em outros Estados. A senadora eleita Eliziane Gama, do Maranhão, destacou que o novo momento do PPS representa uma grande união de forças. “A chegada dos integrantes da Rede é extremamente importante porque simboliza uma união de forças. A rede é um grande partido que surgiu com novas ideias e para o PPS, receber esses integrantes, é uma grande satisfação, uma fusão de ideias, de filiados e de pessoas do bem”.

por Verlane Estácio

Comentários