Medicamento para doenças intestinais está em falta no Case

0
Case (Foto: SES)

A falta do medicamento Mesalazina utilizado para tratamento de doenças inflamatórias intestinais tem provocado a insatisfação de alguns pacientes do Centro de Atenção à Saúde (Case) em Sergipe. Também existem relatos de dificuldades para obter o medicamento Ursacol, que é usado para tratar doenças do fígado e vias biliares.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, o Mesalazina na composição em comprimido está sendo fornecido regularmente, mas há problemas com o estoque desse medicamento no tipo supositório. “Apenas uma empresa fornece esse item e já foram duas licitações desertas. A Secretaria está tentando uma nova modalidade de aquisição para tentar resolver está situação”, explica o diretor de Comunicação da SES, André Carvalho.

A SES disse também que está tentando solucionar os problemas no fornecimento de Ursacol. “Desde o final do ano passado que o medicamento entrou na portaria do Ministério da Saúde. Todos os pacientes foram orientados a procurarem seus médicos para solicitar a mudança da CID, para que pudessem receber diretamente via cadastro no Case. Alguns já fizeram, mas aqueles que não conseguiram, nós estamos aderindo a uma ata de registro de preço para fornecer esse medicamento sem provocar a descontinuidade no fornecimento aos pacientes”, finaliza.

Por Verlane Estácio

Comentários