Navegando pela Categoria

Ito Barros

O amigo do erudito

Teixeirinha ? É algum remédio para calo? ---- Não conhece o Teixeirinha? – os amigos ficavam abismados. ---- Não tenho calo – defendia-se. ---- Não é remédio para calo. Foi um dos maiores cantores do Brasil. ---- Cantor?

O NAMORO

Naquele dia, ela parecia preocupada. Ele notou. ---- Vida minha, algum problema? ---- Príncipe meu...eu...bem...eu... sei não... ---- Fale, olhos meus. ---- Sabe, amor meu, o nosso namoro... ---- Que é que tem? – ele ficou

Lembrando Stanislaw

Vez em quando, gosto de mexer nas estantes para reler algum livro. Outro dia, dei com o livro O melhor de Stanislaw Ponte e Preta, nome adotado por Sérgio Marcos Rangel Porto. Li o livro como se fosse a primeira vez,gaitando muito, como diz

O Moralista

---- Isso é uma imoralidade! – dizia, vermelho de indignação, quando passava por uma banca de revista e via aquele monte de revistas eróticas. Os amigos tentavam convencê-lo de que aquilo é tão normal quanto à existência de

A Ponte Invisível

É o assunto do momento. Ganha até da disputa(?) morna e sonolenta entre Geraldo Bom Mocinho Alckmin e Luís Inácio Boa Gente Lula. E aqui não comporta análise de quem é o menos pior para o Brasil; tudo continuará como antes, para delírio

O Grande Salto

Leu o jornal com o coração batendo loucamente, desesperadamente.Aliás, não leu – devorou. E chamou a mulher aos gritos. ---- Terência ! Terência! A mulher, que estava vendo a novela, deu um pulo do sofá. ---- O que foi, homem

A Comemoração

Entraram no luxuoso restaurante e escolheram uma mesa do lado esquerdo, coberta com uma toalha vermelha. Um deles carregava um livro – O Capital, a bíblia de Karl Marx. O outro fumava um imenso charuto – um legítimo havana. ---- O que

O Homem do Dinheiro

Muita gente estranhou o fato de que dois cidadãos, flagrados com a merreca de quase dois milhões de reais, para comprar o dossiê contra José Serra, não souberam dizer de quem receberam o dinheiro. Tudo é muito simples. Vulfânia, a