Navegando pela Categoria

Celio Nunes

O compromisso

Depois do sepultamento do pai, o menino Antenor ficou ao lado da mãe, encostou a cabeça no colo da mulher magra e somente saiu dessa posição quando ela falou: “Vamos sair.” Dito isso, levantou-se, pegou na mão do menino e saiu com ele para

A visita

Acordou mais cedo e pediu o café da manhã. Comeu a fruta e as torradas, sorvendo o líquido da xícara. Preparava-se para receber a visita semanal do filho. “Não sei para que tudo isso”, pensou a acompanhante. Com o seu melhor vestido e os

História policial

O corpo estendido na sala da casa, em cima do tapete, fora investigado pelos peritos e policiais. O médico legista adiantara que tudo indicava que se tratava de uma parada cardíaca. Morte súbita, provavelmente. O detetive, calmo, posava uma

Paixão incandescente

Era um jovem casal, ele já formado, ela, estudante. O rapaz era um técnico e trabalhava em uma grande empresa. Alugaram a casinha, afastada do final da rua. Viviam agarrados, afogueados, apressados, entravam e saíam de casa geralmente

O abduzido

Caso contado por um morador de Maruim, a simpática cidade sergipana: Antiógenes era estudioso, nunca dera trabalho a ninguém e seguia as orientações dos pais e do mestre-escola, que elogiava o talento do menino e depois adolescente, para o

Um dia feliz

Aquele fora um dia feliz na vida de José, jovem trabalhador de uma oficina mecânica. Conseguira um adiantamento do seu salário e uma folga pela tarde. Depois de almoçar o que trouxera na marmita, tomou banho no próprio local de trabalho e

A decepção

Quando José conheceu Naja, a primeira coisa foi apresentá-la à sua prima Judite, sua amiga e confidente. Foram criados juntos e eram como irmãos e avisara: “quero que você conheça Judite, você vai gostar dela.” E sua prima e amiga apoiara

Recordações

O local era bucólico. Sem barulhos. Sentados nas suas cadeiras de balanço, na varanda da casa, os dois velhinhos conversavam. Um deles, tomava uma xícara de chá, segurando o pires com uma das mãos, o outro fumava um cachimbo, tranqüilos.

A conspiração

A conspiração foi descoberta pelo coveiro Justo Divino, ajudado por colegas dos cemitérios da pequena cidade de Ressurreição. Na verdade, a conspiração deve ter começado há bastante tempo, silenciosamente. Mas se denunciara no mês de